Geral

Bandas de blues fazem show neste sábado para ajudar crianças e adolescentes pobres

Três bandas de blues de Campo Grande vão fazer um super show neste sábado (31) para ajudar cerca de 50 crianças, entre 2 e 12 anos de idade, que vivem em situação de extrema pobreza ter acesso ao básico da vida: comida e educação. Fundador do projeto ‘Sorrindo pela Vida’, o guitarrista da banda Whisky […]

Arquivo Publicado em 30/05/2014, às 21h10

None
534236712.jpg

Três bandas de blues de Campo Grande vão fazer um super show neste sábado (31) para ajudar cerca de 50 crianças, entre 2 e 12 anos de idade, que vivem em situação de extrema pobreza ter acesso ao básico da vida: comida e educação.

Fundador do projeto ‘Sorrindo pela Vida’, o guitarrista da banda Whisky de Segunda, Jefferson Pasa, de 29 anos, conta que tudo começou há quatro anos com a construção de casas para famílias que viviam em locais muito pobres da Capital. Mas ao vir aquele mundo percebeu que antes da moradia, eles precisavam do mínimo, do essencial, para poder viver.

Por isso, depois de algum tempo construindo as casas em mutirão decidiram ajudar as crianças para que não fiquem a mercê da própria sorte. “A gente percebeu que poderia expandir o projeto e ajudar mais pessoas. Paramos de fazer as residências e começamos a trabalhar com crianças. Fomos para o bairro Itamaracá e cada fez foi surgindo mais gente no grupo”, conta, relembrando que de inicio voluntariava ele e mais alguns amigos pedreiros na construção das casas.

Hoje o grupo cresceu, e além da própria banda, a Whisky de Segunda, Jefferson trouxe os rapazes do do Beatles Maníacos e do Acoustic Blues Quartet para encarar o desafio do bem.

Neste sábado (31), eles vão fazer o som da gaita e da guitarra ecoar pelo salão do Hangar Live Music, que também é parceiro do projeto e cedeu o espaço para o show, para arrecadar dinheiro para comprar alimentos e materiais escolares para as crianças.

O projeto social ‘Sorrindo pela Vida’ atende cerca de 50 crianças do Jardim Campo Alto. Eles oferecem aos assistidos aulas de higiene pessoal, inglês e capoeira. As atividades acontecem aos sábados na sede da Associação dos Moradores do Jd. Campo Alto, que, como parceira do Sorrindo, também cede o local para que as crianças possam ser atendidas.

Devido à carência alimentar das crianças, também são doadas todos os sábados cestas básicas com verduras, frutas e legumes, além de pães.

Jefferson, conta ainda, que com a chegada do inverno, eles precisam encomendar uniformes de frio para as crianças, como calças e moletons e camisas de manga cumprida. Por isso, a sua ajuda é fundamental para que o show beneficente seja um sucesso.

As bandas não cobraram cachê e toda verba arrecadada será para aquisição dos uniformes de inverno das crianças, além de alimentos e materiais de estudo.

Os ingressos custam R$ 15,00 – antecipado com doação de um quilo de alimento não perecível ou com carteira estudante, ou R$ 20,00 – na hora com doação de um quilo de alimento ou com carteira de estudante. Os pontos de venda são: Augusta Life Store (Rua 15 de Novembro, 214) e Hangar Live Music (Rua Trindade, 413).


(Matéria editada em 31/05 para adiocionar/corrigir informação)



Jornal Midiamax