Geral

Solurb aguarda pagamento da prefeitura até as 15h para não parar coleta de lixo

Os 840 funcionários que prometeram parar a coleta seletiva de Campo Grande por falta de pagamento do 13° aguardam o repasse da prefeitura para a empresa até as 15h desta sexta-feira (20). A empresa estima que o valor devido seja de R$ 16 milhões, referentes a atraso de quatro meses. O Sindicato das Empresas de […]

Arquivo Publicado em 20/12/2013, às 15h02

None
1625882055.jpg

Os 840 funcionários que prometeram parar a coleta seletiva de Campo Grande por falta de pagamento do 13° aguardam o repasse da prefeitura para a empresa até as 15h desta sexta-feira (20).

A empresa estima que o valor devido seja de R$ 16 milhões, referentes a atraso de quatro meses. O Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul sinalizou que os funcionários vão parar as atividades neste sábado caso o dinheiro não seja depositado.

A Solurb neste ano já chegou a suspender a coleta por um dia, em razão de atrasos dos pagamentos, em setembro. A prefeitura na ocasião questionava o contrato com a empresa e buscou na Justiça a possibilidade de fazer  nova concorrência para a concessão. Entretanto pagou os débitos atrasados e o serviço foi retomado.

“A prefeitura não pode alegar que o contrato possui irregularidades para justificar a inadimplência. Da última vez questionou e no entanto pagou os atrasados. Pra mim é uma falta de preparo de quem foi eleito para o cargo e não um problema administrativo. Lamentável já que é um serviço básico”, rebate o oposicionista de Bernal,  Elizeu Dionizio (SDD), sobre o impasse do Poder Público Municipal com a concessionária.

Jornal Midiamax