Geral

Prédio da antiga rodoviária vira palco de campeonato de skate em Campo Grande

Um galpão na antiga rodoviária de Campo Grande, antes usado como estacionamento da Guarda Municipal, virou pista de skate neste domingo (22). Segundo os organizadores do evento, a expectativa é que mais de 100 competidores em diversas categorias passariam pelo local. De acordo com Elio Angelo da Costa Guimarães, um dos organizadores do evento, o […]

Arquivo Publicado em 22/12/2013, às 20h23

None
243643106.jpg

Um galpão na antiga rodoviária de Campo Grande, antes usado como estacionamento da Guarda Municipal, virou pista de skate neste domingo (22). Segundo os organizadores do evento, a expectativa é que mais de 100 competidores em diversas categorias passariam pelo local.


De acordo com Elio Angelo da Costa Guimarães, um dos organizadores do evento, o campeonato já está na segunda edição, mas é pela primeira vez realizado na antiga rodoviária. “A rodoviária sempre foi chamativa para os skatistas, por ser um espaço coberto. Entramos em contato com a Guarda Municipal para poder utilizar o local, que estava abandonado e sujo para poder desenvolver o campeonato aqui”, diz.


Conforme Lidiane Lima, que também participou da organização do evento, o campeonato é uma forma de superar a ideia de oposição entre a cultura de rua e a Guarda Municipal. “Geralmente as pessoas pensam que a cultura urbana e a Guarda Municipal não vão se aproximar”, pontua.


Lidiane possui uma loja colaborativa em outro pavimento da rodoviária e conta que foi procurada para que o campeonato fosse realizado lá, mas o piso não seria bom para o skate. “Falaram que a Guarda Municipal tinha esse galpão que estava abandonado. Foi articulada a autorização e depois o pessoal fez a limpeza”, conta.


Segundo o Guarda Municipal Thiago Souza, a corporação vê a realização do campeonato no espaço como um meio de aproximar a sociedade da Guarda Municipal. “Fomos procurados para fazer essa parceria e achamos interessante. Levamos ao comandante, que recebeu como uma maneira de aproximação”, comenta.


E o rap, outro integrante da cultura de rua também esteve presente no campeonato. Marcio Leite, ou Mano Xis, integrante do grupo Falange da Rima, diz que o skate é uma forma muito válida de a juventude se manter longe das drogas e próximo à cultura. 



Jornal Midiamax