Geral

Fiéis lotam missas e padre desafia católicos a manter acesa a ‘Chama da Páscoa’

Domingo pascal e muitos fiéis vão às missas em Campo Grande neste domingo (31), para comemorar o renascimento de Jesus Cristo. São quarenta dias de preparação para os católicos festejarem este dia, ao final da Quaresma. Na igreja Santo Antônio, localizada no centro da cidade, a Páscoa se tornou um dia de reflexão e muita […]

Arquivo Publicado em 31/03/2013, às 13h20

None
633093788.jpg

Domingo pascal e muitos fiéis vão às missas em Campo Grande neste domingo (31), para comemorar o renascimento de Jesus Cristo. São quarenta dias de preparação para os católicos festejarem este dia, ao final da Quaresma. Na igreja Santo Antônio, localizada no centro da cidade, a Páscoa se tornou um dia de reflexão e muita comemoração.


“Assim como disse o padre, nós nos preparamos por quarenta dias, cumprindo promessa e nos voltando para a religiosidade. Hoje é dia de comemorar essa fé e manter vivo os ensinamentos de Deus”, diz a professora Rosa Teresa Mendonça, 39 anos.


Mendonça estava acompanhada da mãe, que também se define como uma católica fervorosa. Ambas, durante a primeira missa deste domingo (31), às 8h30, assistiram atenciosas ao sermão do padre Paulo.


“São 40 dias antes nos preparando para a Páscoa e agora o desafio, de acordo com Pentecostes, é viver mais 50 dias celebrando como se fosse o ‘Dia da Páscoa’, tendo sempre presente na nossa vida a luz de Cristo. E, durante este período, aproveitar para exercitar estes novos homens e mulheres que nos transformamos, assim como na época da quaresma e assim como a vida de Deus”, diz o padre aos fiéis.


Ainda hoje, na igreja Santo Antônio, os fiéis terão duas missas solenes. A primeira às 18h com o padre Ademilson e às 19h30, com o arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara. Em outras comunidades, como a do Santuário da Abadia, localizada no bairro Chácara Cachoeira e São Domingos Sávio, no bairro Cidade Jardim, as missas ocorrerão às 18h.

Jornal Midiamax