Geral

Campo-grandenses lotam feira central e restaurantes chegam a ficar sem peixe

Quando os consumidores estão gastando menos, nada melhor do que uma festa para movimentar o comércio. Pelo menos este tem sido o resultado da Festa do Peixe, realizada na Feira Central de Campo Grande, que teve início na quinta-feira (28) e vai até amanhã, domingo de Páscoa (31). O evento ajudou lojistas e restaurantes, que enfrentam um […]

Arquivo Publicado em 30/03/2013, às 18h30

None
2010632434.jpg

Quando os consumidores estão gastando menos, nada melhor do que uma festa para movimentar o comércio. Pelo menos este tem sido o resultado da Festa do Peixe, realizada na Feira Central de Campo Grande, que teve início na quinta-feira (28) e vai até amanhã, domingo de Páscoa (31). O evento ajudou lojistas e restaurantes, que enfrentam um ano de menor clientela.


Somente nos quatro dias de feriado prolongado cerca de 40 mil pessoas devem passar pela Festa do Peixe, segundo estimativa da Afecetur (Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande). O movimento foi tamanho que faltou produtos em alguns restaurantes.


“O pessoal se abasteceu muito para esta Festa do Peixe, mas ontem (sexta) teve restaurante que fechou porque acabou o pescado, ficou só com carne bovina. O movimento está muito bom mesmo. Podemos dizer que este feriado foi bom para os lojistas, e melhor ainda para os restaurantes, ‘salvou’ o mês”, afirmou Gracielle Mussi Pimentel, diretora de mídias sociais da Afecetur.


Gracielle ainda lembra que o feriado caiu em um final de mês, época de menos dinheiro na praça, e mesmo assim o movimento está sendo bom na Feira Central. Só na sexta-feira (29), aproximadamente 10 mil pessoas passaram pelo local. No geral, o número de visitantes na Feira está entre 20% e 30% maior que em dias normais, sem a programação especial.


A Afecetur não tem um dado exato do volume de pescado comercializado nos quatro dias, mas garante que os restaurantes se abasteceram com “toneladas” do produto, já que a venda de peixes triplica nesta época do ano.


Segundo Gracielle, 2013 tem sido um ano um pouco mais parado de movimentação na Feira Centra, e este feriado de Páscoa está animando lojistas e restaurantes.


Programação


Ainda neste Sábado de (29), o visitante já poderá desfrutar de sarau cultural, além de mini-fazenda, com exposição de animais, passeio de pônei e mini-charrete.


No Domingo de Páscoa (31) ocorre exposições de peixes da fauna do Pantanal, além também da mini-fazenda. Às 20 horas, acontecem apresentações das colônias Paraguaia e Gaúcha.

Jornal Midiamax