Geral

Semana da Pátria começa nesta sexta em Dourados

A Secretaria Municipal de Educação preparou uma extensa programação para a Semana da Pátria que começa nesta sexta-feira (31) e termina com o desfile cívico no dia 7 de setembro. Neste ano, 44 entidades vão desfilar na Avenida Marcelino Pires em Dourados. Pelo menos 15 mil pessoas são aguardadas para desfilarem na avenida, entre estudantes, […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 19h15

None

A Secretaria Municipal de Educação preparou uma extensa programação para a Semana da Pátria que começa nesta sexta-feira (31) e termina com o desfile cívico no dia 7 de setembro. Neste ano, 44 entidades vão desfilar na Avenida Marcelino Pires em Dourados. Pelo menos 15 mil pessoas são aguardadas para desfilarem na avenida, entre estudantes, professores, integrantes de entidades, da educação, da saúde e militares.

Para abrir a Semana da Pátria, nesta sexta, será realizada a hora cívica na Praça Antônio João às 8h. No dia 1º de setembro, às 7h30, acontece o deslocamento da Chama da Pátria e às 8h30, a solenidade de acendimento da pira, na Praça Antônio João.

No dia 2, às 8h, a solenidade será no Pavilhão Nacional Praça Walter Guaritá, conhecido como Trevo da Bandeira. No dia 3, às 7h30, acontece Hora Cívica nas escolas municipais Avani Cargnelutti Fehauer (Jardim Flórida) e Artur Campos Melo (Vila Cachoeirinha).

No dia 4, às 7h30, a Hora Cívica será nas escolas municipais Professor Álvaro Brandão (Jardim Canaã I) e Professor Ruy Gomes (Vila São Pedro). No dia 5, às 7h30, a Hora Cívica será realizada na Praça do Cinquentenário e no dia 6 às 13h30 na Escola Municipal Laudemira Coutinho de Melo (Jardim Santa Maria).

Na sexta-feira dia 7, feriado nacional da Independência, às 7h30 acontece o hasteamento do Pavilhão Nacional da Tropa, em seguida o desfile cívico.

Entre as 44 entidades que vão desfilar, estão 29 escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme), projetos como o Nace (Núcleo de Arte, Cultura e Esporte), Segundo Tempo e Mais Educação, além de entidades particulares, Polícia Militar, Exército, Guarda Municipal, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Secretaria Municipal de Saúde.

No final do desfile acontece o ritual de extinção da Chama da Pátria, na Praça Antônio João.

Jornal Midiamax