Geral

Renata Fan se emociona com Denilson e chora

A apresentadora Renata Fan, do Jogo Aberto, da Band, foi às lágrimas durante o programa desta sexta-feira ao se emocionar com o comentarista Denílson, que lembrou das reviravoltas pela qual passou em sua carreira. No último domingo, Denílson chorou durante entrevista para o repórter Fernando Fernandes, também da Band, ao lembrar do golpe que sofreu […]

Arquivo Publicado em 23/11/2012, às 15h13

None

A apresentadora Renata Fan, do Jogo Aberto, da Band, foi às lágrimas durante o programa desta sexta-feira ao se emocionar com o comentarista Denílson, que lembrou das reviravoltas pela qual passou em sua carreira.



No último domingo, Denílson chorou durante entrevista para o repórter Fernando Fernandes, também da Band, ao lembrar do golpe que sofreu de seu então empresário na transferência do São Paulo para o clube espanhol do Betis, em 1998. Dessa vez, ele se emocionou ao lembrar em como chegou ao cargo em que está hoje na televisão.



A apresentadora não segurou o choro e elogiou o ex-atacante: “Você agregou muito ao programa. O Jogo Aberto ganhou outra cara com você aqui”, disse Renata Fan, entre lágrimas.



O comentarista, então, agradeceu à apresentadora e fez questão de agradecer ao canal pela oportunidade, e tentou fazer piada para diminuiu o clima de tristeza do programa. “Vão me zoar, falar que eu choro para caramba na televisão”, brincou.



Ao citar que se preparou para chegar onde está, e se recuperar do golpe que o fez recomeçar do zero, citou o técnico Vanderlei Luxemburgo. “Ele sempre fala que o atleta tem 20 anos de carreira, mas 60 anos de vida depois disso. Então eu me preparei”, contou.



Ele também agradeceu à mulher, Luciele di Camargo, mostrando que realmente deixou no passado a fama de conquistador. “Meu amor pela minha esposa é muito verdadeiro”, afirmou.



Ainda chorando, fez críticas ao São Paulo, que não o aceitou de volta quando deixou o futebol internacional para jogar novamente no Brasil. “Ainda não me sinto à vontade no São Paulo até hoje, mesmo com os pedidos de desculpas”, assumiu. E completou agradecendo ao clube que o recebeu na volta, e que o apoiou quando se aposentou: “Agradeço ao Palmeiras por tudo o que fez por mim”, finalizou.


Jornal Midiamax