Geral

Professores da rede pública pedem valorização da classe em dia de comemorações

As aulas foram suspensas na rede municipal de ensino, porém, conforme a categoria, a data já está prevista no calendário de aulas

Arquivo Publicado em 15/10/2012, às 16h47

None
871280794.jpg

As aulas foram suspensas na rede municipal de ensino, porém, conforme a categoria, a data já está prevista no calendário de aulas

Professores da rede pública de ensino comemoraram hoje, o dia dedicado à categoria na ACP (Sindicato Campograndense dos Profissionais da Educação Pública). Pelo menos 1.800 educadores se reuniram na confraternização que conta com muita música e sorteio de prêmios.

Para a festa, foram destinados 14 porcos no rolete, além de 300 kg de carne.

As aulas foram suspensas na rede municipal de ensino, porém, conforme a categoria, a data já está prevista no calendário de aulas.

Apesar das comemorações, a classe pede por uma maior valorização e respeito com a educação. “Mesmo comemorando não podemos deixar de discutir o aviltamento do salário do magistério.”, comenta o presidente da ACP, Geraldo Alves Gonçalves.

Ele explica que neste dia 18, estão sendo comemoradas duas datas: os 60 anos da associação e o dia do professor. “Esta é uma oportunidade de revermos os amigos, lazer e descanso merecido pelos educadores, apesar de todas as dificuldades que enfrentamos e de iniciar a discussão a respeito da paralisação articulada pela rede pública.”, enfatiza.

Professores

Os professores reconhecem que a estrutura pública de ensino é satisfatória, contudo reforçam que além dos pontos que devem ser discutidos em nível nacional como o cumprimento da lei do piso para a categoria, algumas melhorias pontuais devem ser resolvidas.

Para o professor Ademar Plácido da Rosa, a redução do número de alunos nas salas de aula; a realização de concurso público para efetivar os educadores contratados e uma política salarial a longo prazo são pontos primordiais para a melhoria da educação pública no Estado.

“Essas ações podem dar tranqüilidade ao profissional e aos governantes.”, avalia.

Ele comenta ainda que as eleições diretas para a Rede Municipal de Ensino poderia proporcionar uma grande melhora para as escolas, além do repasse de verbas para as merendas. “O repasse deveria ser feito diretamente para a escola, como acontece na rede estadual. Isso ia permitir que as escolas dos bairros dêem suporte ao comércio da região e melhora o controle dos gastos.”.

Maria Ildonei, professora da rede estadual, acredita que a infraestrutura das escolas é uma necessidade que pode melhorar o desempenho dos alunos. “Não adianta planejamento on-line, se não tem impressora, computadores condizentes, internet. É preciso que o governo veja o que necessita cada escola, pois atende a diferentes realidades.”, relata.

O evento, que teve início às 8h da manhã segue até as 16h. O prefeito Nelson Trad Filho é esperado no local.

Jornal Midiamax