Geral

Professora Rose nega ficar no lugar de Dagoberto e afirma que rumo do PSDB será decidido após pesquisa

Na manhã desta quarta-feira (10), a vereadora Professora Rose (PSDB), negou a possibilidade de ocupar a vaga de vice do candidato a prefeito pela coligação “Mais Trabalho por Campo Grande”, Edson Giroto (PMDB). Ela ainda afirmou em entrevista ao programa UCDB Notícias, da rádio UCDB (91,5 FM), que o PSDB decidirá rumo no segundo turno, […]

Arquivo Publicado em 10/10/2012, às 10h46

None
910303456.jpg

Na manhã desta quarta-feira (10), a vereadora Professora Rose (PSDB), negou a possibilidade de ocupar a vaga de vice do candidato a prefeito pela coligação “Mais Trabalho por Campo Grande”, Edson Giroto (PMDB). Ela ainda afirmou em entrevista ao programa UCDB Notícias, da rádio UCDB (91,5 FM), que o PSDB decidirá rumo no segundo turno, após resultado de pesquisa interna.


Especulações dão conta que Dagoberto Nogueira (PDT), atual vice, seja trocado por uma mulher, no entanto, como o PSDB não é coligado do PMDB, essa possibilidade não seria possível.


Mesmo se isso fosse provável, Rose afirmou que jamais deixaria de honrar os votos que recebeu. Ela ainda afirmou que continuará em unicidade com seu partido.


“Fico feliz de meu nome ter sido lembrado, mas jamais aceitaria esse convite. Quero honrar os votos de confiança que recebi, cumprindo meu papel como vereadora”, ressaltou.


Outro nome apresentado no programa para ocupar o lugar de Dagoberto, caso este venha a ser excluído, foi o da vereadora Grazielle Machado (PR). Ela, se alçada à vaga da vice-prefeitura, daria lugar à vereadora não reeleita, Magali Picarelli (PMDB), devido à vaga de primeira suplência.


PSDB no segundo turno


Sobre o destino do PSDB no segundo turno em Campo Grande, Rose afirmou que essa decisão deve acontecer ainda nesta quarta-feira (10). “Fizemos uma pesquisa qualitativa e quantitativa com os eleitores no primeiro turno, para indicar qual caminho seguir e com o resultado dela, decidiremos o caminho a seguir”, apontou. “Mas afirmo, o PSDB continuará unido”, emendou.



Jornal Midiamax