Geral

Ministério da Saúde corta verbas de oito municípios irregulares em Mato Grosso do Sul

O Ministério da Saúde suspendeu nesta sexta-feira (16) a transferência de recursos financeiros da Vigilância Sanitária para municípios com irregularidades cadastrais. Oito prefeituras de Mato Grosso do Sul estão na lista por não terem alimentado regularmente o SAI/SUS (Sistema de Informação Ambulatorial do Sistema Único de Saúde). Alcinópolis, Antônio João, Douradina, Inocência,...

Arquivo Publicado em 16/11/2012, às 15h29

None

O Ministério da Saúde suspendeu nesta sexta-feira (16) a transferência de recursos financeiros da Vigilância Sanitária para municípios com irregularidades cadastrais. Oito prefeituras de Mato Grosso do Sul estão na lista por não terem alimentado regularmente o SAI/SUS (Sistema de Informação Ambulatorial do Sistema Único de Saúde).


Alcinópolis, Antônio João, Douradina, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Selvíria e Sete Quedas, segundo a Portaria 2.601, tiveram suspensa a transferência de verbas públicas que saem para rubrica orçamentaria ‘Vigilância em Saúde nos Municípios’.


Os municípios sul-mato-grossenses estão listados no anexo II da portaria, que reúne “municípios com informação irregular no SAI/SUS”. O corte vale a partir da competência financeira do 3º quadrimestre de 2012 e pode ser revertida assim que as irregularidades sejam resolvidas.

Jornal Midiamax