Geral

Lutador de MMA, brasileiro é morto a tiros na Suíça

O brasileiro Wagner Luis Cardoso, lutador de artes marciais mistas (MMA), morreu no último fim de semana em Zurique, na Suíça. Aos 31 anos, ele morava no país e era segurança de um cassino. De acordo com a imprensa suíça, um vizinho encontrou Cardoso, que estava ferido com tiros no peito, no quadril e na […]

Arquivo Publicado em 21/11/2012, às 15h44

None

O brasileiro Wagner Luis Cardoso, lutador de artes marciais mistas (MMA), morreu no último fim de semana em Zurique, na Suíça. Aos 31 anos, ele morava no país e era segurança de um cassino.


De acordo com a imprensa suíça, um vizinho encontrou Cardoso, que estava ferido com tiros no peito, no quadril e na perna direita. Segundo o vizinho, havia ocorrido pouco antes uma briga entre a vítima e uma mulher na qual puderam se ouvir pelo menos cinco tiros.


Ela deixou o apartamento logo após o disparo e foi presa. Segundo o site 20 Minuten, a mulher teria confessado o crime aos oficiais e atribuiu o incidente a uma discussão amorosa. O vizinho ainda chamou uma ambulância e tentou reanimar Wagner, mas este morreu no local.


Cardoso, que tinha 1,90 m e 120 kg, viveu até os 18 anos de idade em Dorândia, distrito de Barra do Piraí. A família do lutador ainda mora no local e foi pega de surpresa com a morte. De acordo com a TV Globo, os familiares não foram comunicados pelas autoridades suíças e tomaram conhecimento da notícia por meio de mensagens postadas por amigos de Wagner no Facebook.

Jornal Midiamax