Geral

Homem atira em namorada dentro de loja no Centro e depois tenta se matar

Curiosos se reuniram em frente ao local tumultuando o trânsito. Rafael já teria feito ameaças à Bruna e hoje concretizou. Ambos foram encaminhados para a Santa Casa em estado grave

Arquivo Publicado em 20/12/2012, às 13h06

None
1753788444.jpg

Curiosos se reuniram em frente ao local tumultuando o trânsito. Rafael já teria feito ameaças à Bruna e hoje concretizou. Ambos foram encaminhados para a Santa Casa em estado grave

Bruna Moura de Araújo, 24 anos, foi atingida com um tiro na cabeça por Rafael Felastiga de Souza Lima, 27 anos. Após a tentativa de homicídio, o suspeito atirou contra a própria cabeça. De acordo com testemunhas, o casal teria um relacionamento amoroso conturbado, com várias ameaças. O crime aconteceu por volta das 9h de hoje, dentro de uma loja, na rua Maracajú, quase esquina com 14 de Julho, no Centro de Campo Grande onde trabalhava a vítima.

O delegado Wellington de Oliveira está no local e, segundo ele, Rafael teria chegado ao estabelecimento comercial de moto vestindo capa de chuva. O suspeito então entrou na loja e disparou contra a cabeça da vítima. A arma usada foi um revólver calibre 38. Equipe da perícia da Polícia Civil está recolhendo evidências e policiais militares isolaram o local.

“A princípio trata-se de tentativa de homicídio e de suicídio. Ele já havia ameaçado Bruna anteriormente e hoje concretizou”, disse o delegado. Bruna e Rafael foram encaminhados à Santa Casa de Campo Grande em estado grave.

Erni Moreira, segurança de uma loja vizinha onde o crime ocorreu, conta que já presenciou outras brigas do casal. “Ela era muito boazinha, sempre vinha aqui na loja trocar dinheiro. Na semana passada eles discutiram feio. Eu estava lá e até sai da loja. Nesta manhã ele entrou e ouvi três tiros lá dentro”, contou.

Os pais de Bruna foram até o local e sua mãe precisou ser amparada pelos policiais.

Conforme a Santa Casa de Campo Grande, Bruna e Rafael estão sendo atendidos na emergência do hospital e o estado dos dois é grave.

Jornal Midiamax