Geral

Edil e Pedra discordam de Siufi e dizem que presidente da Câmara não está escolhido

Os vereadores Paulo Pedra (PDT) e Edil Albuquerque (PMDB) desconhecem a informação do vereador Paulo Siufi (PMDB), que afirma que o novo presidente da Câmara já está escolhido e tem 15 votos favoráveis, o que garante a eleição. Durante a entrevista ao Midiamax Siufi ainda descartou vereadores do PMDB e nomes como Paulo Pedra e […]

Arquivo Publicado em 18/11/2012, às 13h55

None

Os vereadores Paulo Pedra (PDT) e Edil Albuquerque (PMDB) desconhecem a informação do vereador Paulo Siufi (PMDB), que afirma que o novo presidente da Câmara já está escolhido e tem 15 votos favoráveis, o que garante a eleição. Durante a entrevista ao Midiamax Siufi ainda descartou vereadores do PMDB e nomes como Paulo Pedra e a vereadora Rose Modesto (PSDB).

O vereador Paulo Pedra declarou que respeita a opinião de Siufi, mas diz que se há um escolhido, falta combinar com os vereadores. Ele alega que não foi chamado para conversa com o “escolhido” e entende que qualquer nome colocado agora será queimado.

“Qualquer candidatura colocada agora vai para a fritura. Com a experiência que tenho de Câmara, avalio que deve haver muita cautela. Não acredito que Bernal tenha escolhido alguém e entendo que o novo presidente deve ser escolhido por um consenso entre ele, o prefeito atual, Nelsinho Trad e o governador André Puccinelli (PMDB)”.

O vereador eleito, Edil Albuquerque (PMDB), também desconhece a informação de Siufi e avalia que ainda é cedo para falar em um escolhido para a presidência. “Ele que está falando. Não sei que tipo de informação que tem. Desconheço. Não acredito que um partido como o PMDB seja descartado assim”. Na luta pela presidência, Edil diz que o posto é importante para o currículo, pois mostra a capacidade de administrar e de criar um clima bom entre Executivo e Legislativo.

Siufi alega que o PMDB perdeu a chance de eleger o presidente quando após a derrota em Campo Grande, Edson Giroto (PMDB) desistiu de se reunir com os 21 vereadores eleitos pela coligação dele. Segundo Siufi, a ausência fez Bernal aproveitar um espaço e articular com o novo presidente.

Pelas pistas de Siufi, o candidato com 15 votos é o vereador Jamal Salém (PR). O vereador já admitiu que é candidato a presidência e tem ligado para vários colegas solicitando apoio. Recentemente, quando Pedra solicitou a presença de três vereadores para acompanhar a transição entre o governo de Nelsinho e Bernal, Siufi não escondeu a vontade de ver Jamal na equipe. Atualmente, o vereador ocupa a segunda secretaria da Câmara.

Jornal Midiamax