Geral

Corinthians pega Cruzeiro com 12 desfalques e estreia de Zizao

O Corinthians viajou a Varginha para encarar o Cruzeiro nesta quarta-feira (17), em confronto válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. E a equipe paulista, que não tem maiores pretensões na competição já que disputa o Mundial de Clubes da Fifa em dezembro, no Japão, ainda não poderá contar com 12 atletas de seu elenco. […]

Arquivo Publicado em 17/10/2012, às 11h26

None

O Corinthians viajou a Varginha para encarar o Cruzeiro nesta quarta-feira (17), em confronto válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. E a equipe paulista, que não tem maiores pretensões na competição já que disputa o Mundial de Clubes da Fifa em dezembro, no Japão, ainda não poderá contar com 12 atletas de seu elenco. Será a chance do chinês Zizao entrar no time, depois de tanto tempo sem estrear.


“Parei de falar que precisava treinar mais, é um outro estágio agora. Está treinando na função, execução do movimento. Não vou adaptá-lo em nenhuma outra função do campo. Tem a linguagem do campinho para nos comunicarmos.


 Mais importante é a função que ele exerce nos treinamentos”, definiu o técnico Tite a respeito de Zizao, que já ficou algumas vezes no banco alvinegro, mas ainda não estreou. “Eu aprendi uma coisa.


Tudo que se premedita, que se tenta forçar, deixa de ser natural e proveitoso. Às vezes esperando mais, chegando no momento que estiver mais preparado, acontece melhor. Ele é carismático, tem todo um envolvimento, inclusive comigo”, acrescentou o treinador alvinegro. Tite não poderá contar com nada menos que 12 atletas para o jogo contra a equipe celeste.


Ralf, suspenso, Alessandro e Fábio Santos, poupados, Giovanni, Chicão, Denner, Jorge Henrique e Emerson, no departamento médico, e Paulinho, Martínez, Ramírez e Guerrero, com as respectivas seleções de seus países, são os desfalques do embate.


“Agora é momento de dar folgas, para ter, nos últimos seis, cobrança, exigência e todo o plantel à disposição. Essas situações pontuais acabaram agora. Vamos ter um volume de trabalho. Os últimos seis jogos são para crescer na tabela, dar ritmo, entrosamento, intensidade. E correr risco de machucar, mas sem tirar o pé”, analisou Tite, após treino no CT Joaquim Grava nesta terça.


O adversário mineiro, por sua vez, segue em situação intermediária no Campeonato Brasileiro, com 40 pontos e ainda distante da zona de classificação à próxima Copa Libertadores – o último time no grupo dos quatro primeiros colocados do Nacional é o São Paulo, com pontuação de 52. Por isso, uma vitória como mandante nesta quarta seria crucial aos planos celestes no torneio.


“Que o torcedor vá e nos apoie, porque precisamos, mesmo que não seja tudo aquilo que ele gostaria que fosse. Desde que cheguei ao Cruzeiro, tenho dito que não estamos felizes com as atuações e com os resultados. Não é o que nós queremos, mas todo clube passa por esses altos e baixos.


 Agora, o Cruzeiro vem em um momento complicado, difícil. Nós entendemos e sabíamos que isso aconteceria”, definiu o técnico Celso Roth. Atuando diante de sua torcida, o Cruzeiro irá ao gramado do local com Fábio; Ceará, Léo, Thiago Carvalho e Everton; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Willian Magrão e Montillo; Martinuccio e Anselmo Ramon.


Do lado do Corinthians, os titulares serão Cássio; Welder, Wallace, Paulo André e Guilherme Andrade; Willian Arão, Guilherme, Edenílson, Douglas e Danilo; Romarinho.

Jornal Midiamax