Geral

Com gol em cima da hora, Paraná empata com Ceará e será adversário do Palmeiras

Com um gol em cima da hora, o Paraná empatou por 1 a 1 com o Ceará, nesta quarta-feira, e se classificou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. O time paranista tinha a vantagem de jogar por empates por 0 a 0 ou 1 a 1. O gol da classificação foi marcado por Douglas […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 02h27

None

Com um gol em cima da hora, o Paraná empatou por 1 a 1 com o Ceará, nesta quarta-feira, e se classificou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. O time paranista tinha a vantagem de jogar por empates por 0 a 0 ou 1 a 1.


O gol da classificação foi marcado por Douglas Tanque, aos 45 minutos da segunda etapa, tirando a vaga do Ceará, que vencia por 1 a 0. O Paraná, agora, será o adversário do Palmeiras, que já garantiu a vaga, ao passar pelo Horizonte-PE.


Foi o quarto jogo oficial do Paraná na temporada, sob o comando do técnico Ricardinho, que está ainda está invicto em sua carreira de treinador.


O jogo


Empurrado pela torcida, o Paraná pressionou nos primeiro dez minutos. O jogo começou nervoso e com muitas faltas.


Aos 15 minutos, ocorreu a primeira confusão, após uma falta cometida pelo Ceará. O goleiro Luis Carlos abandonou o gol para reclamar e tomou cartão amarelo.


O Ceará  quase abriu o placar, aos 21 minutos. Após um levantamento na área, Felipe Azevedo cabeceou à queima-roupa e Luís Carlos grande defesa.


Os dois times jogavam com excesso de vontade e os ânimos se acirravam. Aos 26 minutos, após uma falta de Alex Bruno, ocorreu nova confusão. Desta vez, foi Fernando Henrique quem abandonou a meta e foi amarelado. Foi o quinto cartão em menos de meia de hora de jogo.


Apesar do ritmo forte, o jogo teve poucas chances de gols no primeiro tempo.


Precisando da vitória, o Ceará tentou pressionar no reinício do jogo, enquanto o Paraná apostava apenas nos contra-ataques. Nenhum dos times, no entanto, levava perigo.


O jogo esquentou, após os 20 minutos. O Ceará chegou aos 20 minutos com FElipe Azevedo, mas Luís Carlos salvou novamente. Aos 23, o Paraná esteve próximo de marcar. Maicon recebeu na área e colocou na trave.


O time cearense, porém, deu o troco em seguida e abriu o placar. Rogerinho recebeu na direita, ingressou na área e tocou na saída de Luís Carlos.


O gol silenciou a torcida paranista presente na Vila. Mesmo assim, o Paraná tentou pressionar, mas sem conseguir levar perigo. Aos 41 minutos, o time ainda foi atrapalhado pelos sinalizadores acionados pela torcida, o que obrigou o árbitro a paralisar o jogo.


Logo após o reinício da partida, o Paraná chegou ao empate e à classificação. Aos 45 minutos, Paulo Henrique cruzou na área, Douglas na raça mandou para as redes.


O Ceará ainda teve forças para buscar a vitória e quase desempatou. Após cruzamento na área, a bola foi tocada para o gol e a zaga tirou em cima da linha.


O fim do jogo foi comemorado como se fosse um título. Os jogadores correram para festejar com a torcida. “Como uma torcida dessas não tem como não conseguir a classificação. Eles incentivaram o tempo todo”, disse o meia Douglas Packer.


Jornal Midiamax