Geral

Campo-grandense vence categoria geral masculina na prova de 10 km da Volta das Nações

O atleta Juvenil de Souza, 43 anos, de Campo Grande (MS), foi o vencedor da categoria geral masculina na prova de 10 km da 4ª Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações, que aconteceu neste domingo (11). Ele contou que corre há 18 anos e já perdeu as contas de quantos campeonatos estaduais já venceu. […]

Arquivo Publicado em 14/10/2012, às 13h19

None
1329379594.jpg

O atleta Juvenil de Souza, 43 anos, de Campo Grande (MS), foi o vencedor da categoria geral masculina na prova de 10 km da 4ª Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações, que aconteceu neste domingo (11).


Ele contou que corre há 18 anos e já perdeu as contas de quantos campeonatos estaduais já venceu. Depois de sarar de uma lesão, ele voltou à rotina de treinos, e está feliz porque conseguiu superar suas dificuldades.


“O que conta é a experiência, correr no ritmo da prova. No começo, um queniano disparou na minha frente, mas depois recuperei o tempo. No fim, eu dei uma puxada e superei todos. Vim para vencer”, declarou.


De acordo com a FIEMS (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), 20 mil pessoas receberam seus kits para participar da Volta das Nações, mas o evento deve ter reunido cerca de 30 mil pessoas, já que muitas delas vão até o local para acompanhar e prestigiar seus amigos e familiares.


A estrutura para a competição contou com 75 metros de arquibancada, dois caminhões, seis caminhonetes, duas peruas e seis carros de passeio, além de envolver 1.580 pessoas na organização, incluindo homens do Exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ciptran (Companhia Independente de Policiamento Militar de Trânsito) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).


De acordo com o 6°GB (Grupamento de Bombeiros) do Coronel Antonino, eles atenderam apenas uma ocorrência de entorse e estava tudo dentro da normalidade até às 9h30. Mas outra vitatura atendeu um dos participantes que passou mal, Cristina Nunes Goldin. Ela se esforçou muito na prova de 10km e teve que ser socorrida.


No fim das competições foram distribuídos 24 mil kits, 231.840 copos de água, 2,1 mil quilos de frutas – 1.050 quilos de maçã e 1.050 quilos de banana -, além de 4.500 litros de isotônico.


Premiação


Na edição deste ano, além do sorteio de um automóvel 0 km entre todos os participantes das três provas que concluírem os respectivos percursos e aguardarem a premiação, a Volta das Nações vai distribuir R$ 98,3 mil em dinheiro para os cinco primeiros colocados da meia-maratona nas categorias geral masculino e feminino e indústria masculino e feminino, bem como para os três primeiros colocados da meia-maratona nas categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino e para os três primeiros colocados da categoria indústria masculino e feminino da corrida de 10 km.


Além disso, todos os primeiros colocados de todas as categorias vão receber troféus. O 1º lugar no geral masculino e feminino da meia-maratona vai receber R$ 12 mil, o 2º lugar ganhará R$ 6 mil, o 3º lugar receberá R$ 3,6 mil, o 4º lugar terá prêmio de R$ 2,4 mil e o 5º lugar ganhará R$ 1,2 mil, enquanto na categoria indústria masculino e feminino o 1º lugar receberá prêmio de R$ 4 mil, o 2º lugar ganhará R$ 3,2 mil, o 3º lugar vai receber R$ 2,6 mil, o 4º terá direito a R$ 2,1 mil e o 5º receberá R$ 1,8 mil.


Ainda na meia-maratona, mas na categoria cadeirante masculino e feminino, o 1º lugar fica com R$ 1.430,00, o 2º com R$ 1.143,00 e o 3º com R$ 858,00, enquanto na categoria deficiente visual masculino e feminino o 1º lugar fica com R$ 1.430,00, o 2º com R$ 1.143,00 e o 3º com R$ 858,00, sendo que na corrida de 10 km, apenas na categoria indústria masculino e feminino, o 1º lugar vai receber R$ 1.430,00, o 2º ficará com R$ 1.143,00 e o 3º com R$ 858,00.

Jornal Midiamax