Geral

Quatro estão envolvidos na morte de grávida em Ponta Porã

O assassinato da jovem paraguaia Zunilda Larrea Ferreira, 24 anos, ocorrida no dia 28 de dezembro d 2010, foi praticado por quatro pessoas, informou neste sábado (05) a Polícia Nacional do Paraguai. No início da noite dessa quinta-feira agentes do Departamento de Investigação de Delitos prenderam um dos suspeitos em Pedro Juan Caballero. O crime […]

Arquivo Publicado em 05/02/2011, às 13h04

None

O assassinato da jovem paraguaia Zunilda Larrea Ferreira, 24 anos, ocorrida no dia 28 de dezembro d 2010, foi praticado por quatro pessoas, informou neste sábado (05) a Polícia Nacional do Paraguai. No início da noite dessa quinta-feira agentes do Departamento de Investigação de Delitos prenderam um dos suspeitos em Pedro Juan Caballero.

O crime foi praticado na residência da vítima, no bairro San Juan Neuman e o motivo foi o fato de a mulher estar grávida de Luís Alfredo Cárdenas, que decidiu eliminar a amante a mando de sua amásia, María Graciela López. O casal está foragido e estaria residindo no bairro Ministro Salgado Filho, em Ponta Porã.

Zunilda estava no quarto mês de gestação, mas isso não sensibilizou os autores do crime. Nas investigações, a polícia foi informada de que um dos envolvidos, cujo nome não foi divulgado, estaria no bairro Jardim Aurora, na periferia de Pedro Juan Caballero. O suspeito foi localizado e preso.

Everson Cardena Espínola, 21 anos, tentou fugir da polícia e ao ser cercado resistiu à prisão. Ele foi dominado e encaminhado para a sede do Departamento de Investigações. A prisão deve esclarecer por completo o crime e dar às autoridades os detalhes da execução.

Jornal Midiamax