Geral

Produtor rural pode auxiliar na produção de eucaliptos em MS

A maior parte dos 390 mil hectares de florestas é cultivada por empresas ou fundo de pensão. Segundo presidente da Reflore – MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), Dito Mário, os produtores rurais representam 30% (117 mil hectares) do total cultivado no Estado. No entanto, o cultivo de eucalipto e pinus […]

Arquivo Publicado em 04/02/2011, às 15h48

None

A maior parte dos 390 mil hectares de florestas é cultivada por empresas ou fundo de pensão. Segundo presidente da Reflore – MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), Dito Mário, os produtores rurais representam 30% (117 mil hectares) do total cultivado no Estado.


No entanto, o cultivo de eucalipto e pinus é uma alternativa de renda para o produtor rural, segundo o diretor do Painel Florestal, Robson Trevisan. Ele ressalta que o rendimento por hectare com eucalipto é três vezes superior ao obtido com a pecuária.


Para Mário, uma forma de incentivar a plantação de eucalipto no Estado, é o conhecimento social dos produtores rurais por meio de entidades que promovem ações de seminários, congressos florestais.


“O produtor rural tem que ter interesse em participar, para que possa buscar mais informações com órgãos de pesquisa de plantio, como irá atender a região”, disse.


Ele também observa o crescimento da silvicultura no Estado, mas alerta para a produção de forma consciente. “Para que se tenha sucesso na produção tem que haver conhecimento. É caro para entrar, pois é um investimento a longo prazo. Tem riscos, mas com planejamento de plantio correto, empresa do ramo que possam auxiliar na tecnologia e na produção pode ter sucesso”, disse.

Jornal Midiamax