Geral

Para deputado, PT vai ‘afundar’ se ficar fora da cabeça de chapa em 2012

O deputado estadual Paulo Duarte, do PT, disse que se o seu partido firmar aliança na disputa pela prefeitura de Campo Grande, ano que vem, e não aparecer como cabeça de chapa, a coligação pode ser enxergada, segundo ele, como “o começo do fim do PT”. De acordo com Duarte, no PT existe “muitos caciques […]

Arquivo Publicado em 22/03/2011, às 13h38

None
2058001924.jpg

O deputado estadual Paulo Duarte, do PT, disse que se o seu partido firmar aliança na disputa pela prefeitura de Campo Grande, ano que vem, e não aparecer como cabeça de chapa, a coligação pode ser enxergada, segundo ele, como “o começo do fim do PT”.

De acordo com Duarte, no PT existe “muitos caciques para poucos índios”, condição antagônica a do PMDB que, segundo o parlamentar, “possui um cacique que determina os nomes dos candidatos do partido”.

Duarte acha que seu partido deve definir internamente o nome do candidato a prefeito de Campo Grande. Ele garantiu que não tem preferência por nomes, mas que o escolhido deve atrair votos e consolidar alianças.

Em defesa de sua tese, o petista recordou as duas últimas disputas, em 2004 e 2008, quando o PT conquistou apenas 30% do eleitorado. Quanto à briga pela cabeça de chapa, o deputado citou um caso recente, em Dourados, onde o PT aliou-se com o DEM, sigla tradicionalmente rival dos petistas. “Nas eleições não podemos pensar apenas nos mandatos principais, temos de brigar também pelas bancadas de vereadores”, disse ele.

Em entrevista na sessão da Assembleia desta manhã, Duarte disse que além do deputado federal Vander Loubet, o partido conta com outras forças capazes de enfrentar a eleição. “Temos deputados estaduais, federais, senador e vereadores”, relacionou.

Até agora, Vander tem se destacado como um dos pré-candidatos do partido. Numa reunião da legenda regional, sábado passado, o ex-deputado estadual Pedro Teruel disse em voz grave que ele vai “enfrentar todas as etapas” para também surgir como uma das opções do PT.

Jornal Midiamax