Geral

Murilo presta conta, diz que campanha custou R$ 190 mil e pode ser diplomado já na sexta-feira

Candidato eleito do DEM que venceu disputa em Dourados com o apoio do PSDB, PMDB e até do PT, disse que 70% do custo da campanha saíram do bolso dele; foto mostra contador do DEM entregando contas à Justiça Eleitoral

Arquivo Publicado em 08/02/2011, às 18h10

None
234862262.jpg

Candidato eleito do DEM que venceu disputa em Dourados com o apoio do PSDB, PMDB e até do PT, disse que 70% do custo da campanha saíram do bolso dele; foto mostra contador do DEM entregando contas à Justiça Eleitoral

O prefeito eleito de Dourados Murilo Zauith (DEM) foi o primeiro dos quatro candidatos que disputaram a eleição do último domingo a fazer a prestação de contas dos gastos de campanha.

Conforme a resolução 453 do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) os partidos tem até o dia 16 de fevereiro para fazer a prestação e contas.

Conforme informações repassadas pela juíza eleitoral Dileta Terezinha Thomaz a coligação “União Por Dourados” como Murilo prestou contas hoje a diplomação poderá acontecerá até o final da tarde de sexta-feira. Inicialmente a diplomação foi marcada para acontecer no dia 28 de fevereiro.

No início da tarde de hoje o contador Domingos Venturini, que foi o coordenador financeiro da campanha esteve no Fórum Eleitoral para protocolar a prestação de contas de Murilo Zauith.

Os documentos foram recebidos pela chefe do cartório eleitoral Milca Pereira que recebeu de Venturini além do disquete com os dados digitalizados dois enormes volumes com a prestação de contas.

Domingos Venturini afirmou que Murilo Zauith declarou que gastaria até o limite de R$ 1 milhão de reais na campanha, porém gastou apenas R$ 190 mil.

Desse total, segundo Domingos, 70% do custo da campanha foram pagos pelo próprio Murilo Zauith. “Os demais 30% foram doados por amigos de Murilo”, disse o contador.

Jornal Midiamax