Geral

Ensaio técnico dá a largada para o carnaval de Corumbá

“A partir de agora estamos em contagem regressiva para o carnaval”, afirmou a técnica de enfermagem Neide de Souza Gimenez, ao dançar com as escolas de samba que passavam pela Avenida. “O ensaio técnico diz à população que os dias de folia estão próximos e que é hora de começar a se preparar para os […]

Arquivo Publicado em 27/02/2011, às 16h22

None

“A partir de agora estamos em contagem regressiva para o carnaval”, afirmou a técnica de enfermagem Neide de Souza Gimenez, ao dançar com as escolas de samba que passavam pela Avenida.

“O ensaio técnico diz à população que os dias de folia estão próximos e que é hora de começar a se preparar para os cinco dias de festa. Estou me preparando há dias, pois vou desfilar em duas escolas de samba. Amo carnaval, e este ano, o Carnaval de Corumbá promete, pois foram feitos muitos eventos, o que contagiou desde cedo o povo corumbaense. Trabalhamos o ano todo, então, é época de aproveitar uma das melhores festas de nossa cidade, o carnaval”, concluiu empolgada.

O ensaio técnico que ocorreu na noite de sábado, 26 de fevereiro, reuniu milhares de pessoas na avenida General Rondon. As arquibancadas ficaram lotadas, a impressão que ficava no ar, era que de ensaio não tinha nada. Foi um verdadeiro desfile. A ordem de apresentação foi a mesma da oficial, que acontecerá no domingo, 06 e segunda-feira, 07 de março. As escolas do Grupo de Acesso tiveram cada uma, 30 minutos para percorrer a passarela do samba. Para as do Grupo Especial, foram 35 minutos.

O ensaio técnico teve participação das escolas dos grupos Especial e de Acesso, com Marquês de Sapucaí; Caprichosos de Corumbá; Acadêmicos do Pantanal e Unidos da Major Gama. Logo na sequencia, vieram Mocidade Independente da Nova Corumbá; Unidos da Vila Mamona; A Pesada e Império do Morro.

“Foi como o esperado. O público compareceu e viu que estamos preparados para realizar o melhor carnaval de todos os tempos. A presença de público deu um ar todo especial, fez com o que o ensaio técnico parecesse ser o grande dia de todas as escolas de samba”, ressaltou ao Diário, Heloísa Urt, diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

O presidente da Liesco, José Martinez, afirmou que tudo transcorreu bem e que os problemas detectados, foram pequenos e serão reparados para os dias das apresentações das agremiações. “Hoje, não podemos dizer que ocorreram problemas porque hoje é dia em que fazemos os acertos. É o dia dos ajustes e os pequenos problemas que surgiram serão ajustados e creio que para os desfiles de domingo e segunda, a questão de sonorização estará perfeita. O ensaio foi excelente, todas as agremiações puderam treinar o recuo, fazer seus ajustes sonoros e preparar seus foliões. Ficamos satisfeitos com o ensaio, pois tudo saiu como o previsto e as escolas que por aqui passaram fizeram belíssimas apresentações e uma grande prova disso foi a emoção apresentada pelo público durante todo o ensaio”, concluiu.

Jornal Midiamax