Geral

Câmara Municipal faz audiência para discutir Presídio de Regime Aberto

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza nesta sexta-feira (2), às 9h, no Plenário Edroim Reverdito, Audiência Pública para debater sobre o Presídio de Regime Aberto da Vila Sobrinho, organizada pela Comissão Permanente de Cidadania e Direito Humanos, composta pelos vereadores Magali Picarelli (PMDB), Athayde Nery (PPS) e Marcos Alex (PT). A audiência havia sido […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 18h44

None

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza nesta sexta-feira (2), às 9h, no Plenário Edroim Reverdito, Audiência Pública para debater sobre o Presídio de Regime Aberto da Vila Sobrinho, organizada pela Comissão Permanente de Cidadania e Direito Humanos, composta pelos vereadores Magali Picarelli (PMDB), Athayde Nery (PPS) e Marcos Alex (PT).


A audiência havia sido definida após reunião ocorrida em 26 de outubro, com a presença dos representantes do Condomínio Flamingos, dos moradores da Vila Sobrinho e Lar do Trabalhador, juiz Albino Coimbra Neto, vereadores Alex (PT) e Professora Rose (PSDB), onde se aventou a hipótese de mudança daquele prédio para o atual Presídio Feminino, no Bairro Coronel Antonino.


No entanto, outra polêmica surgiu em função da possível instalação do presídio de regime aberto no local onde atualmente funciona o presido feminino, no bairro Coronel Antonino. A solução indignou os moradores do bairro Coronel Antonino, que lutam há mais de 15 anos para retirar o presídio daquela região.


A proposta inicial, a ser analisada passa pela construção de Presídio Feminino a ser construído na Gameleira, faltando apenas questões burocráticas e detalhes do projeto, e a transferência do Regime Aberto para o Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi.


Jornal Midiamax