Geral

México: pistoleiros matam jornalista em Ciudad Juárez

Um fotógrafo morreu e outro jornalista ficou gravemente ferido em um ataque de pistoleiros em Ciudad Juárez, considerada a zona mais violenta do México, informou nesta quinta-feira a imprensa. Os pistoleiros atiraram com pistolas e fuzis contra o veículo do fotógrafo Luis Carlos Santiago, que morreu. O ataque também feriu um colega de trabalho do […]

Arquivo Publicado em 17/09/2010, às 00h38

None

Um fotógrafo morreu e outro jornalista ficou gravemente ferido em um ataque de pistoleiros em Ciudad Juárez, considerada a zona mais violenta do México, informou nesta quinta-feira a imprensa. Os pistoleiros atiraram com pistolas e fuzis contra o veículo do fotógrafo Luis Carlos Santiago, que morreu.


O ataque também feriu um colega de trabalho do jornalista no Diário de Juárez, assinalou o site do jornal. México, que sofre uma onda de violência ligada ao tráfico de drogas, é considerado o país mais perigoso da América Latina para os meios de comunicação, com mais de dez jornalistas assassinados desde o início de 2010.


Em Ciudad Juárez já ocorreram mais de 2 mil homicídios em 2010, atribuídos principalmente aos cartéis do narcotráfico.

Jornal Midiamax