Geral

Juros do crédito pessoal caem pela 1ª vez desde novembro

A taxa média de juros do empréstimo pessoal caiu 0,09 ponto percentual em agosto, em comparação com o mês anterior e passou de 5,44% ao mês em julho para 5,35% no mês passado. É a primeira queda no percentual desde novembro de 2009, informou o Procon-SP nesta terça-feira. A única alteração para cima na taxa […]

Arquivo Publicado em 14/09/2010, às 20h32

None

A taxa média de juros do empréstimo pessoal caiu 0,09 ponto percentual em agosto, em comparação com o mês anterior e passou de 5,44% ao mês em julho para 5,35% no mês passado. É a primeira queda no percentual desde novembro de 2009, informou o Procon-SP nesta terça-feira.


A única alteração para cima na taxa do empréstimo pessoal foi promovida pelo Banco Itaú, que elevou sua taxa de 5,98% para 6,02% ao mês, acréscimo de 0,04 ponto percentual, variação de 0,67% em relação à taxa de agosto.


Já a taxa média de juros do cheque especial dos bancos pesquisados foi de 9,10% ao mês, praticamente estável, com variação de 0,004%. Apenas o banco Itaú e Banco do Brasil elevaram suas taxas, de 8,71% para 8,75% e 7,79% para 7,95%, respectivamente.


O levantamento, efetuado nos dias 02 e 03 de setembro, envolveu as seguintes instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. A partir deste mês, o Banco Real e o Unibanco não integram mais a amostra. A incorporação do Banco Real pelo Santander e a incorporação do Unibanco pelo Banco Itaú já estão sendo concluídas. Dessa forma, a amostra passa a ser constituída de sete instituições financeiras.

Jornal Midiamax