Geral

Em Campo Grande, Alckmin e Índio pedem voto e contestam pesquisas

O governador eleito de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) fez um discurso pedindo votos e contestando as pesquisas para presidência. Alckmin não se exaltou, realizando uma fala branda, várias vezes afirmando que seu partido tem pesquisas internas que apontam empate ou vitória de José Serra na campanha presidencial. Alckmin foi o terceiro a discursar em […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 23h19

None

O governador eleito de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) fez um discurso pedindo votos e contestando as pesquisas para presidência. Alckmin não se exaltou, realizando uma fala branda, várias vezes afirmando que seu partido tem pesquisas internas que apontam empate ou vitória de José Serra na campanha presidencial.


Alckmin foi o terceiro a discursar em evento na Associação Nipônica de Campo Grande. O vice de Serra, Índio da Costa, falou em seguida e manteve o mesmo tom. Índio ressaltou que as pesquisas internas tucanas possuem metodologia própria. As afirmativas seguem o que Serra vem defendendo nesses últimos dias de campanha.


Outra preocupação mostrada pelos tucanos é o provável aumento da abstenção devido ao feriado prolongado. Alckmin e Costa defenderam a ida da população às urnas e diversas vezes pediram votos para Serra.


Para a senadora Marisa Serrano (PSDB), as eleições presidenciais deste ano serão definidas apenas no dia 31 de outubro. “As pesquisas apontavam que as eleições seriam definidas ainda no primeiro turno, então, não vamos nos abater diante dessas pesquisas”, comentou.


O evento já foi encerrado e a equipe tucana se encaminha para o Aeroporto Internacional da Capital, onde tem voo marcado para São Paulo. (Editada para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax