Geral

Construtora denunciada pela PF já se envolveu em escândalo em MS

O grupo Financial já foi se envolveu em outros escândalos em Mato Grosso do Sul. Em 2004, no final do mandato do então prefeito da capital e atual governador André Puccinelli (PMDB) a empresa foi acusada em uma briga judicial entre o ex-deputado Semy Ferras (PT) e a Prefeitura de Campo Grande por ter sido […]

Arquivo Publicado em 31/01/2010, às 02h59

None

O grupo Financial já foi se envolveu em outros escândalos em Mato Grosso do Sul. Em 2004, no final do mandato do então prefeito da capital e atual governador André Puccinelli (PMDB) a empresa foi acusada em uma briga judicial entre o ex-deputado Semy Ferras (PT) e a Prefeitura de Campo Grande por ter sido beneficiada devido à doação de um terreno, que teria sido subfaturado.

Em 2005, na administração do primeiro mandato do atual prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), a Financial Construtora Industrial Ltda assinou um contrato de emergência para realizar coleta de lixo em Campo Grande e depois venceu a licitação para o mesmo serviço com a proposta de R$ 56.223.312 para executar o serviço por cinco anos.

O grupo Financial, cujo o sócio majoritário é o engenheiro Antonio Fernando de Araujo Garcia e é também cotista da Anfer. A empresa ganhou a licitação para construção do aterro sanitário de Campo Grande, cujq a obra é avaliada em R$ 4 milhões, mas ainda não foi concluída.

O grupo Financial tem três empresas: A Financial Construtora Industrial Ltda, STA Serviços de Locações e Comércio Ltda (imobiliária) e a Mineração Financial, que em 2008 teve parte dos ativos comprados pela VCB (Votorantin Cimentos Brasil – do Grupo Votorantin).

Atualmente a empresa realiza a coleta de lixo nas cidades de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Maracaju.

Jornal Midiamax