Geral

André insistirá até o prazo final para Murilo disputar Senado

O governador André Puccinelli (PMDB) demonstrou hoje que ainda não conseguiu convencer o vice-governador Murilo Zauith (DEM) a ser candidato ao Senado em sua chapa, mas não desistiu. “Isso tem até junho para gente ver”, informou aos jornalistas ao entregar unidades de CPI na Santa Casa de Campo Grande. O prazo final para as convenções […]

Arquivo Publicado em 31/03/2010, às 13h03

None

O governador André Puccinelli (PMDB) demonstrou hoje que ainda não conseguiu convencer o vice-governador Murilo Zauith (DEM) a ser candidato ao Senado em sua chapa, mas não desistiu. “Isso tem até junho para gente ver”, informou aos jornalistas ao entregar unidades de CPI na Santa Casa de Campo Grande. O prazo final para as convenções é 30 de junho. “Quero que ele seja senador”, reiterou.

Até a data final, André continuará insistindo. Ontem, os dois conversaram longamente sobre o assunto, mas os dois não chegaram a um acordo. Murilo quer a garantia de que André dará tanto suporte a sua campanha ao Senado quanto a de Waldemir Moka, do PMDB.

Murilo chegou a exigir um suplente ligado a André como forma de firmar o compromisso entre os dois. O governador ofereceu a secretária de Assistência Social, Tânia Garib, filiada ao PMDB. Contudo, Murilo ainda estaria avaliando o nome. “Eu se fosse ele escolheria a Tânia”, sugere.


Outra possibilidade admitida hoje por André é Murilo Zauith fazer as vezes de coordenador de sua campanha à reeleição na região Sul do Estado. “Se ele quiser vai ser”, mencionou.


Por enquanto, André não fala em público sobre um ‘plano B’ para o caso de não conseguir convencer Murilo.

Jornal Midiamax