Geral

Alckmin diz em Dourados que pesquisa do PSDB indica empate entre Dilma e Serra

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse em Dourados (MS), que pesquisas internas, encomendadas pelo PSDB, indicam empate técnico entre os presidenciáveis Dilma Roussef, PT e o tucano José Serra. Já no levantamento divulgado nesta sexta-feira, do Ibope, a ex-ministra aparece com 12 pontos percentuais dos votos válidos à frente do tucano. Alckmin foi a […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 18h31

None

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse em Dourados (MS), que pesquisas internas, encomendadas pelo PSDB, indicam empate técnico entre os presidenciáveis Dilma Roussef, PT e o tucano José Serra.

Já no levantamento divulgado nesta sexta-feira, do Ibope, a ex-ministra aparece com 12 pontos percentuais dos votos válidos à frente do tucano.

Alckmin foi a Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, participar de atos políticos em prol da campanha de Serra.

Ele participou de uma carreta e, agora, atua num mini comício realizado no ginásio Ulisses Guimarães, perto do terminal rodoviário do município.

Acompanham Alckmin as principais lideranças tucanas regionais, como a senadora Marisa Serrano, Reinaldo Azambuja e também representantes do DEM, como os deputados eleitos Luiz Henrique Mandetta (federal) e Zé Teixeira (estadual).

Após o evento de Dourados, Alckmin segue para Campo Grande, onde se encontra o vice de Serra, o deputado federal Índio da Costa. Os dois conduzem um manifesto de apoio a candidatura de Serra.

Mandetta também apareceu ontem num ato em Campo Grande que contou com a presença de Michel Temer, o vice de Dilma.

Jornal Midiamax