Geral

FHC: “Se Serra não estiver no 2º turno, atuarei como magistrado”

Depois de se encontrar a sós com o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente Fernando Henrique Cardoso falou, pela primeira vez, sobre a possibilidade de seu candidato, José Serra, do PSDB, não chegar ao segundo turno. Ele não quis antecipar sua preferência para o segundo turno, embora já existam especulações sobre […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Depois de se encontrar a sós com o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente Fernando Henrique Cardoso falou, pela primeira vez, sobre a possibilidade de seu candidato, José Serra, do PSDB, não chegar ao segundo turno.

Ele não quis antecipar sua preferência para o segundo turno, embora já existam especulações sobre a possibilidade de os tucanos apoiarem Lula, caso ele enfrente Ciro Gomes, da Frente Trabalhista (PDT-PPS-PTB): “Temos que ver o que vai acontecer na eleição. Vou pensar… Minha predisposição primeira é de que Serra vá para o segundo turno. Se por acaso isso não acontecer, eu sou o presidente do Brasil e vou atuar como magistrado, com equilíbrio. Mas nós não discutimos esses detalhes com Lula”, disse o presidente.

Fernando Henrique disse também que, na conversa a sós com Lula depois do encontro de anteontem, os dois discutiram questões relativas à dívida de Minas Gerais. Ele disse que esse assunto também fora discutido com o presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG). O governador de Minas, Itamar Franco, apóia a candidatura de Lula.

Jornal Midiamax