Esportes

Verstappen garante pole position no GP da Estíria; Hamilton herda segundo lugar de Bottas

Companheiro do heptacampeão na Mercedes foi penalizado e perdeu 3 posições

Agência Brasil Publicado em 26/06/2021, às 17h50

Verstappen lidera o Mundial de F-1 e largará na pole em Spielberg
Verstappen lidera o Mundial de F-1 e largará na pole em Spielberg - Red Bull Racing Honda/Getty Images/Divulgação

O líder do Mundial de Fórmula 1, Max Verstappen, da Red Bull, conquistou neste sábado (26) a pole position do Grande Prêmio da Estíria, atuando no país natal da sua escuderia e mostrando que será mais uma vez o rival de Lewis Hamilton na briga pelo título.

O heptacampeão mundial se classificou em terceiro no Red Bull Ring, na Áustria, mas se juntará a Verstappen na primeira fila do grid porque seu companheiro na Mercedes, Valtteri Bottas, o segundo mais rápido, recebeu penalidade de três posições no grid no treino da sexta-feira (25).

Verstappen tem 12 pontos a mais que Hamilton na tabela de classificação após 7 corridas, com 3 vitórias para cada piloto, e a corrida deste domingo promete ser mais uma batalha emocionante entre os dois pilotos mais impressionantes da competição. A prova terá transmissão pela TV Bandeirantes às 9h (de MS).

A pole, com uma volta 0s194 mais rápida que a melhor de Bottas, foi a segunda consecutiva de Verstappen após liderar o grid na França no fim de semana passado e a terceira dele na temporada. Também foi a primeira da Red Bull no circuito de Spielberg.

“Estou certo de que amanhã será muito apertado, muito difícil”, disse o holandês após registrar o tempo de 1min03s841 em sua primeira volta na sessão final. A segunda volta foi mais lenta, mas ainda mais rápida do que qualquer outro piloto.

“Espero que seja tão interessante como na França”, acrescentou Verstappen, que venceu em Le Castellet após ultrapassar Hamilton na penúltima volta como parte de uma estratégia ousada de 2 pitstops.

Hamilton afirmou que fez tudo o que podia, mas sua segunda sessão não foi das melhores e ele cometeu erros na volta final.

“Mesmo assim, ainda estou na primeira fila do grid”, disse o britânico. “Fiz tudo o que podia e amanhã vamos lutar pela vitória”.

“Vai ser interessante saber se vamos conseguir ou não. Não acho que tenhamos um ritmo forte para ultrapassá-los, com certeza, mas talvez consigamos acompanhar. Talvez amanhã sejamos surpreendidos, talvez chova”, declarou.

Lando Norris põe McLaren em terceiro

A volta mais curta na sessão final fez com que os pilotos segurassem ímpeto, disputando espaço. Hamilton decidiu resolver o problema com as próprias mãos e ultrapassar vários carros à sua frente, mas sem ganhar nada em troca, pois o tempo de Verstappen resistiu ao teste.

Lando Norris, da McLaren, largará em terceiro, com Sergio Perez, da Red Bull, em quarto, após a penalidade imposta a Bottas por direção perigosa após ele rodar no pitlane na sexta-feira.

Pierre Gasly, da AlphaTauri, largará em sexto, com Charles Leclerc, da Ferrari, em sétimo, e Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, em oitavo.

Tsunoda e Bottas foram chamados para averiguação, com o novato japonês sob investigação por supostamente bloquear o finlandês na pista.

O espanhol bicampeão mundial Fernando Alonso colocou seu Alpine no nono lugar do grid, com Lance Stroll, da Aston Martin, em 10º.

George Russell, do Reino Unido, principal candidato a ser parceiro de Hamilton na Mercedes na próxima temporada se a equipe decidir não estender o contrato de Bottas, se classificou em um impressionante 11º lugar com a Williams.

Jornal Midiamax