Esportes

Sul-mato-grossense é eleito vice-presidente da Confederação Brasileira de Canoagem

Atual presidente da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS), Rafael Girotto será o 1º vice-presidente da Confederação Brasileira da modalidade (CBCa). O sul-mato-grossense de 30 anos integra a chapa “União para Reconstrução”, eleita neste sábado (20), por meio de Assembleia Geral Eletiva, para gerir a entidade nacional no quadriênio 2021-2024. O novo […]

Mariane Chianezi Publicado em 21/03/2021, às 09h37

None

Atual presidente da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS), Rafael Girotto será o 1º vice-presidente da Confederação Brasileira da modalidade (CBCa). O sul-mato-grossense de 30 anos integra a chapa “União para Reconstrução”, eleita neste sábado (20), por meio de Assembleia Geral Eletiva, para gerir a entidade nacional no quadriênio 2021-2024.

O novo presidente será Jonatan Maia, da Federação Gaúcha de Canoagem (FGC), que terá ainda Luciana Costa, representante da Federação Baiana de Canoagem (Febac), como 2ª vice-presidente. No total, foram 23 votantes. A chapa vencedora recebeu 11 votos.

Esta é a segunda vez que um dirigente da canoagem de Mato Grosso do Sul integra a diretoria executiva da CBCa. Admir Arantes Bueno Sobrinho, ex-presidente da FCaMS, também já havia ocupado o cargo de 1º vice-presidente da Confederação de 2004 a 2008. Para Rafael Girotto, natural de Aquidauana, a administração bem-sucedida da canoagem em Mato Grosso do Sul foi fundamental para o credenciar como candidato à vice-presidência da CBCa.

“O fato de a canoagem sul-mato-grossense vir numa crescente, com um bom trabalho nos últimos anos e com visibilidade no cenário nacional, sem dúvidas foi um fator essencial para que eu fizesse parte da nova diretoria eleita”. Dentre as primeiras ações da nova diretoria executiva para os próximos quatro anos, está a resolução de dívidas históricas, além do apoio na reestruturação e desenvolvimento de federações estaduais. Girotto ressalta ainda que a entidade busca criar um plano de universalização do treinamento.

“Na parte técnica, nossa ideia é implementar uma metodologia nacional de treinamento. Queremos que os canoístas de todas as localidades do Brasil tenham as mesmas condições de excelência no treinamento de alto rendimento”. Para o conselho fiscal da CBCa foram eleitos: Josiane Senna Woicikievisz, Givago Bitencourt Ribeiro e Ton Eagleton Rodrigues.

O processo eleitoral foi feito de forma on-line em sistema de votação digital. Segundo a Confederação, foram realizadas simulações e testes para que todos os eleitores conhecessem previamente a plataforma.

Canoagem em MS

Com apoio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), a Federação Estadual de Canoagem tem realizado eventos marcantes do calendário nacional. Em 2019, Bonito sediou etapa do Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida Sprint e Kayak Extremo e no final do ano passado Corumbá foi palco da 28ª edição do Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona.

A Capital do Pantanal também recebe, anualmente, o Eco Pantanal Extremo, que alia adrenalina e esportes de aventura às belezas naturais desta região. E, claro, canoagem tem tudo a ver e está inclusa no evento desde sua criação. Na última edição, em 2019, as disputas no Eco serviram como provas da Copa do Brasil de Canoagem, reunindo atletas de diversos estados.

Jornal Midiamax