Esportes

Fluminense abre 2 a 0, mas cede empate ao Cuiabá na Arena Pantanal

Cedeu o empate por 2 a 2

Agência Estado Publicado em 20/09/2021, às 21h14

(Foto: Mailson Santana/Fluminense)
(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Em duelo direto por uma vaga no chamado G-6 da tabela, a zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores, o Fluminense abriu 2 a 0 sobre o Cuiabá na noite desta segunda-feira, na Arena Pantanal, mas vacilou no segundo tempo e cedeu o empate por 2 a 2, no encerramento da 21ª rodada do Brasileirão.

O time carioca exibia 2 a 0 no placar aos 19 minutos de jogo. No entanto, perdeu ritmo antes mesmo do intervalo, aparentando cansaço. E sofreu um gol em cada etapa. No segundo tempo, até correu risco de sofrer a virada. O Flu entrou em campo sem jogadores importantes como Fred (suspenso), Ganso, Hudson e Manoel (todos machucados).

Vindo de duas vitórias seguidas no Brasileirão, o Flu chegou aos 29 pontos, na oitava colocação. O time do Mato Grosso vem logo atrás, no nono lugar, com 28.

Cuiabá e Fluminense fizeram um primeiro tempo de início promissor e fim pouco empolgante na Arena Pantanal. As expectativas foram elevadas quando Luiz Henrique acertou lindo chute da direita, quando teve tempo para ajeitar com tranquilidade e bater de canhota, de fora da área. A bola foi no ângulo direito de Walter, surpreendido pela finalização ousada do jovem atacante do Flu.

Jogando fácil, o time carioca chegou ao segundo gol antes de completar 20 minutos. Danilo Barcelos disparou pela esquerda e cruzou para Bobadilla, que cabeceou com tranquilidade entre dois marcadores e mandou para as redes. Parecia o cenário adequado para uma vitória contundente do Flu.

Mas o ímpeto dos cariocas foi freado logo na sequência por um erro na defesa. Aos 21, Samuel Xavier acertou um carrinho evitável em cheio em Rafael Papagaio dentro da área. O árbitro anotou o pênalti em hesitar. Jonathan Cafu bateu com tranquilidade e descontou, mantendo o Cuiabá no jogo.

A rápida reação do time da casa indicava um jogo mais aberto, com chances lá em cá. Mas não foi isso que se viu em Cuiabá. Os dois times esboçaram cansaço na reta final do primeiro tempo, em razão do calor, e as expectativas criadas no início do jogo se dissiparam.

O segundo tempo começou com mudanças no ataque do Cuiabá, em três alterações de uma vez só. Mas foi o Flu que mandou para as redes, com finalização de Nonato e passe de Luiz Henrique. O lance, contudo, foi anulado pelo VAR porque Caio Paulista estava em posição de impedimento logo à frente do goleiro, mesmo sem participar diretamente do lance.

Se o Flu se sustentava na ousadia de Luiz Henrique, o Cuiabá apostava no jogo coletivo. As mudanças de Jorginho davam consistência ao setor ofensivo da equipe anfitriã. E Cabrera se destacava. Aos 30, deu passe para o gol de empate, marcado por Felipe Marques.

A reta final teve ligeira superioridade do Cuiabá, embora com susto. Nos acréscimos, Marllon acertou cotovelada no rosto de Yago Felipe e foi expulso de campo. Mas já era tarde demais para tentar capitalizar a vantagem numérica em campo.

FICHA TÉCNICA:

CUIABÁ 2 x 2 FLUMINENSE

CUIABÁ - Walter; Lucas Ramon (João Lucas), Marllon, Paulão e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Camilo (Pepê) e Rafael Gava (Cabrera); Felipe Marques, Rafael Papagaio (Gustavo Nescau) e Jonathan Cafu. Técnico: Jorginho.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos (Marlon); Martinelli, Nonato (Cazares) e Yago Felipe; Caio Paulista (Lucca), Luiz Henrique (Arias) e Bobadilla (John Kennedy). Técnico: Marcão.

GOLS - Luiz Henrique, aos 4, Bobadilla, aos 19, e Jonathan Cafu (pênalti), aos 22 minutos do primeiro tempo. Felipe Marques, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nonato, Rafael Papagaio, Lucca, Cabrera.

CARTÃO VERMELHO - Marllon.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (SC).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Jornal Midiamax