Esportes

Em busca do tetra, Grêmio vence o Inter de virada e leva vantagem para a Arena

O título será decidido no próximo domingo na Arena do Grêmio

Estadão Conteúdo Publicado em 16/05/2021, às 18h20

Time tricolor joga por um empate na rodada de volta para ser campeão do estadual
Time tricolor joga por um empate na rodada de volta para ser campeão do estadual - (Foto: Reprodução)

O atacante Ricardinho, de 20 anos, saiu do banco de reservas e fez, aos 42 minutos do segundo tempo, o gol da virada por 2 a 1 do Grêmio sobre o Internacional, no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho, disputado neste domingo, em pleno Beira-Rio. Com isso, o time tricolor joga por um empate na rodada de volta para ser campeão do estadual pela quarta vez seguida. Já o Inter precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça ou construir uma vantagem de um gol para levar a decisão aos pênaltis.

O título será decidido no próximo domingo, em duelo marcado para as 16 horas, na Arena do Grêmio. Antes disso, os dois times têm compromissos fora do Brasil na quinta-feira. O Internacional joga contra o Olímpia, às 21 horas, em Assunção, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Já o Grêmio visita o Aragua em Caracas, a partir das 21h30, pela quinta rodada da Copa sul-americana.

O certo é que o clima quente do Gre-Nal já preparou ambos para a tensão comum aos jogos contra adversários de outros países sul-americanos. O primeiro tempo foi de muita disputa no meio de campo. Mais organizado no setor, o Inter se saiu melhor e conseguiu ficar mais com a bola, ainda que sem criatividade para construir jogadas de perigo. Do outro lado, o tímido Grêmio movimentou o jogo aos 19 minutos, quando conseguiu acertar a marcação no campo de ataque e aproveitou um erro de passe de Zé Gabriel para finalizar com Pedro Geromel, que mandou para fora.

Depois disso, os gremistas insistiram na marcação alta, sem sucesso. Com a bola no pé, o time da casa voltou a acuar o rival e encontrou o caminho do gol em um belo lançamento de Cuesta, aos 26 minutos. Edenilson dominou na entrada da área e tocou na saída de Brenno para Thiago Galhardo abrir o placar.

A partida seguiu sem grandes oportunidades de gol, com o Internacional no controle do meio de campo. O Grêmio ameaçou empatar apenas aos 50 minutos, em lance no qual Matheus Henrique ficou cara a cara com Lomba e chutou em cima do goleiro poucos instantes antes de Anderson Daronco apitar o final da primeira etapa.

Os primeiros minutos de bola rolando após o intervalo mostraram um Grêmio diferente, mais organizado ofensivamente, a ponto de conseguir pressionar o rival. Logo aos quatro minutos, Moisés teve que tirar uma bola de cima da linha após cruzamento desviado que enganou Lomba.

A postura gremista inverteu os papéis e o Inter se viu recuado por imposição. Assumindo o risco de se expor mais, o time tricolor aproveitou o bom momento e empatou aos 12 minutos, quando Diego Souza subiu de cabeça, após cobrança de falta de Lucas Silva, e mandou para o gol.

A pressão inicial do Grêmio diminuiu a partir da segunda metade do segundo tempo. Ainda assim, o Inter não conseguiu se organizar ofensivamente e se limitou a tentar furar o bloqueio do adversário, que apostava no contra-ataque. Apesar da diminuição na intensidade, a equipe gremista voltou a levar perigo. Aos 32, Caio chutou rasteiro e Brenno, convocado pela seleção olímpica nesta semana, tirou com o pé.

A nova tentativa para conseguir a virada veio aos 42, e dessa vez a bola entrou. Darlan cruzou e Ricardinho, que entrou no lugar de Diego Souza, foi lá em cima para marcar o segundo gol gremista. O Inter pressionou nos minutos finais e até acertou o travessão, com Marcos Guilherme, nos acréscimos, mas não conseguiu o empate.

Jornal Midiamax