Esportes

Minotouro se despede do UFC e pendura luvas em luta contra Shogun no dia 25 de julho

O lutador Rogério ‘Minotouro’, uma das lendas do MMA mundial, vai pendurar suas luvas no próximo dia 25 de julho, quando anunciará sua aposentadoria depois de terminar a triologia de lutas contra o brasileiro Maurício ‘Shogun’ Rua, pelo UFC Fight Night 174, realizado na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Em entrevista ao site Meia […]

Vinícius Costa Publicado em 15/07/2020, às 14h10

(Foto: Armando Paiva / Agência O Dia)
(Foto: Armando Paiva / Agência O Dia) - (Foto: Armando Paiva / Agência O Dia)

O lutador Rogério ‘Minotouro’, uma das lendas do MMA mundial, vai pendurar suas luvas no próximo dia 25 de julho, quando anunciará sua aposentadoria depois de terminar a triologia de lutas contra o brasileiro Maurício ‘Shogun’ Rua, pelo UFC Fight Night 174, realizado na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Em entrevista ao site Meia Hora, o lutador acredita que este é o momento certo para provar que é capaz de vencer o compatriota.

Minotouro lembrou das duas lutas que teve com seu compatriota e ambas vencidas por Shogun. A última luta aconteceu em 2015, no Rio de Janeiro.

“Essa é uma luta realmente importante pra mim, porque perdi as outras duas pra ele. O primeiro confronto foi muito parelho e eu poderia ter vencido, mas no final do terceiro round ele conseguiu um knockdown. E quem viu a segunda luta, viu que foi um resultado bem duro também. As duas que fizemos foram muito boas, acho que foi por isso que o UFC resolveu dar essa nova oportunidade, porque sabia que essa segunda foi muito disputada e podemos fazer muito mais”, destacou o lutador.

A ideia de Minotouro era se aposentar no calor do público brasileiro, em evento programado para o dia 9 de maio, em São Paulo, mas o ginásio do Ibirapuera foi transformado em hospital de campanha para ajudar no combate ao novo coronavírus. A solução apresentada pelo presidente do UFC, Dana White foi realizar o evento na famosa “Ilha da Luta”.

Com 44 anos e destes, 19 anos dedicados ao MMA, Minotouro possui um cartel com 23 vitórias e 9 derrotas na sua carreira. Nos últimos anos, o brasileiro vem amargurando resultados negativos e nas últimas seis aparições, perdeu quatro lutas.

Jornal Midiamax