Esportes

Fórum debate definição de políticas esportivas para os próximos 4 anos em MS

Durante esta sexta-feira (22), representantes de diversas entidades esportivas debatem e a construção e implementação de políticas públicas para os próximos quatro anos no setor em Mato Grosso do Sul. O III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer ocorre no auditório do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo com programação até as […]

Richelieu Pereira Publicado em 22/03/2019, às 11h52 - Atualizado às 11h55

Reinaldo Azambuja discursa na abertura do III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer de MS. (Foto: Richelieu Pereira)
Reinaldo Azambuja discursa na abertura do III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer de MS. (Foto: Richelieu Pereira) - Reinaldo Azambuja discursa na abertura do III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer de MS. (Foto: Richelieu Pereira)

Durante esta sexta-feira (22), representantes de diversas entidades esportivas debatem e a construção e implementação de políticas públicas para os próximos quatro anos no setor em Mato Grosso do Sul. O III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer ocorre no auditório do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo com programação até as 17 horas.

Durante o evento serão entregues os primeiros kits de material esportivos para as escolas estaduais do MS. Ao todo aproximadamente 500 escolas serão contempladas com o investimento do Governo Estadual por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) esteve presente na solenidade de abertura e afirmou que o objetivo do evento é ouvir as reivindicações sobre as prioridades dos gestores esportivos e avaliar o que foi realizado nos primeiros quatro anos de governo.

“Quando nos iniciamos o governo no primeiro mandato, a gente norteou algumas ações ouvindo os setores e a organização esportiva do Estado. Muito daquilo que foi solicitado lá em 2015 foi implementado, o bolsa-atleta, bolsa-técnico, apoio às modalidades esportivas, apoio aos campeonatos, jogos universitários e jogos estudantis. Tudo isso vem do Fórum”, declarou Reinaldo.

Já o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, acredita que é fundamental falar de políticas públicas no esporte, pois representa uma estratégia importante para qualquer país, já que ajuda na formação de caráter das pessoas, principalmente se for executado a partir da idade escolar, algo que foi destacado pelo próprio governador em seu discurso.

“Para nós é de extrema importância a participação dos gestores e dos diversos segmentos esportivos do Estado e do poder legislativo e estadual, para que possamos debater e encontrar soluções para as ações que serão realizadas neste e nos próximos anos”, relata Miranda.

Jornal Midiamax