Esportes

Pokémon Go finalmente é liberado no Brasil e ‘caçadas’ já acontecem na cidade

Servidores foram liberados, mas jogadores enfrentam dificuldades no download

Guilherme Cavalcante Publicado em 03/08/2016, às 20h28

None
pokemongocapanova.jpg

Servidores foram liberados, mas jogadores enfrentam dificuldades no download

A Niantic, empresa que desenhou o jogo Pokémon Go, anunciou nesta tarde que estava trabalhando para o lançamento oficial do game 'febre' do momento no Brasil. O esforço deu certo, porque o jogo está funcional no Brasil.

Para jogar Pokémon Go, o usuário precisa acessar a loja de aplicativos do seu smartphone Android ou iPhone e baixar o aplicativo. Esta, a propósito, seria a possível dificuldade enfrentada por brasileiros que ainda não têm o jogo instalado no celular, já que em grupos específicos sobre Pokémon Go no Facebook, há diversos relatos de lentidão no download.

Capturamos um Zubat aqui no jornal! (Reprodução)

Todavia, com o jogo funcionando (e está!), campo-grandenses já podem usufruir de pokéstops (locais onde prêmios são dados diariamente a jogadores) e Ginásios (onde os pokémon podem ser treinados para ficarem mais fortes). Normalmente, os locais escolhidos são igrejas, prédios públicos e, em sua maioria, monumentos de arte, como bustos, grafites, placas e afins.

Inclusive, um ginásio localizado nas imediações do Jornal Midiamax já foi 'tomado' por um jogador. Vários outros gamers da cidade já postaram nas redes sociais que conseguiram capturar monstrinhos. Até a reportagem conseguiu pegar um Zubat que apareceu do lado de fora da redação.

No bairro Jardim Monte Líbano, por exemplo, a igreja Nossa Senhora de Fátima é um ginásio, conforme o Jornal Midiamax constatou no dia em que o app foi lançado. Bem perto dali, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na esquina com a Rua Sebastião Lima, é um pokéstop, assim como um grafite que fica na esquina com a Rua da Liberdade com a Avenida Calógeras, na Vila Glória.

A reportagem não contou, mas são centenas de locais onde o jogador pode interagir. Somente na Praça Ari Coelho são sete paradas (confira a imagem abaixo).

(Reprodução/MapaPokémon)

Jornal Midiamax