Esportes

Santa Cruz faz três no Mogi e retorna à Série A após 9 anos

Com 64 pontos após 37 rodadas

Diego Alves Publicado em 21/11/2015, às 23h45

None
brunomoraesmogixsantacruzmarcosbezerrafutura.jpg

Com 64 pontos após 37 rodadas

O Santa Cruz está de volta ao primeiro escalão do futebol nacional. A festa improvisada no Estádio Novelli Júnior, em Itu-SP, foi suficiente para celebrar vitória por 3 a 0 sobre o Mogi Mirim e carimbar o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro . Daniel Costa, Bruno Moraes e Bileu fizeram os gols do tão esperado acesso.

Com 64 pontos após 37 rodadas, o Tricolor do Arruda mantém quatro de vantagem para Bragantino e Náutico e não pode mais ser alcançado na última rodada. O Santa Cruz se despede da competição contra o Vitória , no sábado, em duelo que será repetido na Série A do ano que vem.

Quem também se vai dando adeus à segunda divisão é o Mogi Mirim, mas por outro caminho. Rebaixado à Série C desde a 33ª rodada, a equipe paulista conta os dias para se livrar da torturante campanha em que conquistou apenas 23 pontos. O último compromisso é contra o Luverdense , na sexta-feira.

O jogo – Apesar de a partida ser no Estado de São Paulo, foi o Santa Cruz quem se sentiu em casa pela boa presença da torcida coral. Apesar da pressão inicial ser do time pernambucano, foi o Mogi Mirim quem assustou aos quatro minutos, quando Renato Camilo por pouco não alcançou cruzamento.

A escassez de oportunidades de gol terminou aos 25 minutos, quando Daniel Costa desperdiçou rebote dentro da área do Mogi. A resposta do Sapão veio pouco depois, em arremate de Anderson Rosa que saiu à direita. No mais, o primeiro tempo foi em marcha lenta.

O que a primeira etapa teve de monótona, a segunda teve de movimentada. Logo aos nove minutos Anderson Rosa agarrou Alemão dentro da área, cometendo pênalti que Daniel Costa converteu com categoria. Mal deu tempo de a torcida coral comemorar, e Bruno Moraes ampliou ao aproveitar rebote do goleiro Daniel.

Da súbita vantagem de dois gols nasceu não só a euforia geral pelo acesso, mas também a passividade do Mogi Mirim . Em período que mais servia de contagem regressiva para o apito final, Bileu fez o terceiro em contra-ataque que selou o retorno ao grupo de elite do futebol nacional.

FICHA TÉCNICA

MOGI MIRIM 0 X 3 SANTA CRUZ

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)

Data: 21 de novembro de 2015, sábado

Horário: 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio

Assistentes: Jesmar Benedito de Paula e Leone Carvalho

Cartões Amarelos: Anderson Rosa, Renato Camilo e Romarinho (Mogi Mirim); Alemão (Santa Cruz)

Público: 1.400

Renda: R$ 81.080,00

GOLS:

SANTA CRUZ: Daniel Costa, aos dez minutos; Bruno Moraes, aos 13; e Bileu, aos 32 do segundo tempo

MOGI MIRIM: Daniel; Michel (Everaldo), Pablo, Renato e Dieguinho; Jonatan, Dunguinha (Gustavo Costa), Franco e Anderson; Jô (Daniel Trajano) e Keké

Técnico: Toninho Cecílio

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan; Wellington, João Paulo, Daniel Costa (Vinicius Reche), Renatinho (Bileu) e Luisinho; Bruno Moraes (Raniel)

Técnico: Marcelo Martelotte

Jornal Midiamax