Esportes

Oito pessoas morrem em sede de torcida organizada do Corinthians em São Paulo

Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 23h

Gerciane Alves Publicado em 19/04/2015, às 16h29

None
pavilhao-9.jpg

Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 23h

Oito pessoas morreram na noite deste sábado (18) na sede da Pavilhão 9, uma das torcidas organizadas do Corinthians, na Ponte dos Remédios, próximo à Marginal Tietê, na capital paulista. Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 23h. Quando policiais chegaram ao local, sete pessoas foram encontradas baleadas e já sem vida. A oitava vítima, também baleada, foi encaminhada para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu.

O caso será investigado DHPP (pelo Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa). Até o momento, não se tem certeza sobre a motivação do crime e nenhum representante da Pavilhão 9 se pronunciou sobre o assunto. Alguns, policiais, contudo, alegaram que o caso teria ligação com tráfico de drogas. Descartaram também que o motivo fosse uma rixa entre torcidas. Na tarde deste domingo (19), o Corinthians enfrenta o Palmeiras em uma das semifinais do Campeonato Paulista.

Conforme testemunhas informaram à polícia, pelo menos dois homens armados teria invadido a quadra da torcida, por volta das 23h, no momento em que os torcedores preparavam bandeiras que seria levadas para o jogo deste domingo.

Jornal Midiamax