Esportes

Ex-presidente do Santos paga R$ 20 mil a pai de Neymar e encerra processo

Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro disse em entrevista que o pai do jogador patrocinava orgias 

Clayton Neves Publicado em 15/07/2015, às 13h14

None
29crft0v44oh4ahtwpaziy4ur.jpg

Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro disse em entrevista que o pai do jogador patrocinava orgias 

O ex-presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira, o Laor, desistiu do recurso e cumpriu a sentença em ação movida por Neymar da Silva Santos, pai do atacante da Seleção Brasileira e Barcelona. Laor pagou cerca de R$ 20 mil para encerrar o processo, após ter insinuado que o pai do craque teria aceitado pagamento de propina e participado de orgias.

Em março, o Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Laor, por ter dito à ESPN, que Neymar dos Santos, pai do atacante, “era responsável por organizar orgias, mercenário, mau caráter e mentiroso”. 

Jornal Midiamax