Esportes

Atingido por gás, atacante do River recebe alta após dois dias internado

Atacante foi um dos afetados pela substância atirada nos jogadores do River 

Clayton Neves Publicado em 18/05/2015, às 17h04

None
11326108_1577635262524399_451009053_n.jpg

Atacante foi um dos afetados pela substância atirada nos jogadores do River 

Nesta segunda-feira (18), depois de dois dias internado, Sebástian Driussi recebeu alta e está em repouso em sua casa. O atacante de 19 anos foi um dos que mais sentiu os efeitos do produto químico atirado nos jogadores do River Plate, no túnel de acesso ao gramado, durante a partida contra o Boca Juniors, válida pelas oitavas de final da Libertadores, na última quarta-feira. Driussi estava com suspeita de meningite e teve uma inflamação no cérebro constatada.

Apesar de já estar em casa, o atacante vai perder os jogos das quartas de final contra o Cruzeiro. Também não foi confirmado se Driussi vai ter condições de disputar o Mundial Sub-20 pela seleção argentina, que começa no próximo dia 30. A joia do River vai ficar repousando em casa antes de voltar a fazer treinos leves pelo clube. Por meio de sua conta no Instagram, ele agradeceu o apoio dos fãs.

– Obrigado por estarem sempre comigo. Por sorte já estou de alta. Agradeço a todas as mensagens de força. Agora é descansar e se preparar para o que vem aí – disse.

O River Plate garantiu a classificação para as quartas de final da Libertadores, depois de julgamento da Conmebol por conta dos gases atirados contra os jogadores do clube, no túnel de acesso ao gramado do La Bombonera. O time comandado por Marcelo Gallardo vai enfrentar o Cruzeiro, nesta quinta-feira.

Jornal Midiamax