Cotidiano / Emprego & Concurso

Professores de escolas em tempo integral podem ter gratificação de 15% em MS

Programa de Educação em Tempo Integral

Diego Alves Publicado em 05/04/2017, às 22h47

None
wmx-620x465x4-56d38547341f5ccb3d38e8098c0a3c569b95e3d353f9b.png

Programa de Educação em Tempo Integral

O Governo do Estado enviou à Assembleia o projeto de lei 060/2017 que pretende gratificação de 15% para professores docentes e coordenadores pedagógicos das escolas estaduais inseridas no Programa de Educação em Tempo Integral, denominado Escola da Autoria. O projeto Gratificação de Dedicação Plena e Integral foi lido na sessão desta quarta-feira (5).

De acordo com o Governo do Estado, a gratificação terá como referência o vencimento-base do professor na carreira profissional de educação básica, classe A, nível I, 40 horas.

Ainda segundo o executivo estadual, o projeto foi criado para ampliar a jornada escolar e melhorar a qualidade de ensino e a formação integrada do estudante. Ainda de acordo com a proposta, o objetivo é o de oferecee oportunidades de aprendizagem e reduz exposição a situação de risco, desigualdade, discriminação e outras vulnerabilidades sociais.

Segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) os professores e coordenadores, previamente selecionados, irão se dedicar exclusivamente à comunidade escolar onde foram lotados, realizando todas as atividades pedagógicas e de planejamento no ambiente escolar.

Jornal Midiamax