Cotidiano / Emprego & Concurso

Em dia D Funtrab oferece mais de 50 vagas para pessoas com deficiência

Atendimento é exclusivo nesta sexta-feira

Midiamax Publicado em 29/09/2017, às 11h39

None

Atendimento é exclusivo nesta sexta-feira

Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul) realiza o Dia de Inclusão Social e Profissional das Pessoas com Deficiência e dos Beneficiários reabilitados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O atendimento é exclusivo e serão disponibilizadas mais de 50 vagas.

Entre as oportunidades de trabalho estão disponíveis vagas para atendente de lojas e mercadorias; operador de caixa; empacotador e também para recolher carrinhos no pátio dos supermercados e organizar mercadorias. Para essas  vagas é necessário Ensino Fundamental Incompleto e não há necessidade de experiência. O salário é de R$ 1.036,00 mais vale-transporte.

Há vagas para auxiliar clientes na frente do caixa. Também não é exigido experiência e/ou escolaridade. O salário é de 1.035,00, vale-transporte, assistência médica e odontológica básica.

Também há seis vagas para porteiro, com o ensino fundamental e não exige experiência, o salário oferecido é R$ 1.300,00, acrescidos de vale-transporte, vale-alimentação no valor de R$ 340,00, assistências médica e odontológica, além de seguro de vida.Em dia D Funtrab oferece mais de 50 vagas para pessoas com deficiência

Além dessas, existem outras oportunidades de trabalho. Ao todo são 52 vagas para pessoas com deficiência e/ou beneficiários reabilitados do INSS.

Interessados podem comparecer na Funtrab, com Carteira de Trabalho, RG, CPF e no caso de beneficiário reabilitado, levar também o certificado emitido pelo INSS.

O atendimento teve início às 7h30 e segue até as 17 horas, no prédio da Funtrab, na Rua 13 de Maio, nº 2.773, Centro.

Vagas especiais –

Conforme informações da Funtrab, no Estado são 7.220 vagas para pessoas com deficiência, porém, apenas 1.120 estão preenchidas. 

De acordo com a Lei 8213/91 – que dispões sobre o assunto, empresas que empreguem de 100 a 200 funcionários devem destinar 2% das vagas para pessoas com deficiência.  O percentual aumenta conforme especificações da legislação.

Jornal Midiamax