Cotidiano / Economia

Volume de serviços fica praticamente estável e fecha fevereiro com variação de 0,7% em MS

Dados fazem parte da Pesquisa Mensal de Serviços, do IBGE

Gabriel Maymone Publicado em 15/04/2021, às 11h00

Barbearias estão inclusas como prestadores de serviços
Barbearias estão inclusas como prestadores de serviços - Freepik

Pesquisa Mensal de Serviço divulgada nesta quinta-feira (15) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que o volume de serviços em Mato Grosso do Sul ficou praticamente estável e fechou fevereiro com variação de 0,7% em relação a janeiro de 2021.

Assim, o desempenho do Estado é considerado fraco, uma vez que outros 17 estados do país tiveram ganhos maiores como Mato Grosso (14,8%), Tocantins (11,5%) e Rondônia (9,1%).

Conforme os dados, houve queda de 2,7% no volume de serviços em fevereiro de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado, quando a pandemia do coronavírus ainda não havia afetado Mato Grosso do Sul.

No acumulado de janeiro e fevereiro 2021 frente ao mesmo período do ano passado, a queda foi mais leve, de 0,9%, segundo o IBGE. Em janeiro, o Estado teve queda acentuada de 5,7% na prestação de serviço.

Nacionalmente, segundo o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, “Entre as atividades, a expansão de maior importância em fevereiro foi a dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio. Nesse segmento vêm se destacando as empresas que prestam serviço de logística, que já vinha tendo alta expressiva por conta do aumento das exportações de petróleo e do agronegócio e, durante a pandemia, teve uma grande escalada de demanda, devido ao crescimento das vendas no comércio online. “

Jornal Midiamax