Cotidiano / Economia

Mercados baixam preços e até entregam ovos de páscoa para driblar quarentena

A crise causada pelo coronavírus e a incerteza sobre está por vir com a pandemia levou famílias a terem cautela na hora das compras. Os ovos de Páscoa, que são uma tradição nesta época do ano, agora são considerados um item supérfluo e os supermercados já registram queda nas vendas. Para ‘desencalhar’ os ovos, alguns […]

Mylena Rocha Publicado em 09/04/2020, às 12h59 - Atualizado às 13h01

None
(Foto: Leonardo de França)

A crise causada pelo coronavírus e a incerteza sobre está por vir com a pandemia levou famílias a terem cautela na hora das compras. Os ovos de Páscoa, que são uma tradição nesta época do ano, agora são considerados um item supérfluo e os supermercados já registram queda nas vendas. Para ‘desencalhar’ os ovos, alguns supermercados têm feito promoções nos aplicativos de entrega. 

Mercados baixam preços e até entregam ovos de páscoa para driblar quarentena
Jussara comenta que ovos não são itens essenciais neste momento. (Foto: Leonardo de França)

Em um supermercado do bairro Jardim Jóquei Club houve uma queda de 30% no consumo de ovos de Páscoa. “As pessoas acham que está caro e, devido ao coronavírus, não estão comprando, veem como um item supérfluo”, comenta a gerente Jussara dos Santos, de 52 anos. 

Jussara diz que os consumidores têm procurado opções mais baratas, como caixas de chocolate, uma forma de manter a tradição mesmo em tempos de dificuldade. “O foco é pagar água, luz, comida. O resto é supérfluo”, diz. Segundo Jussara, caso não consiga vender todos os ovos, o supermercado pode fazer uma promoção ou a devolução parcial para os fornecedores. 

A auxiliar de serviços diversos Isabel Lopes, de 24 anos, conta que foi ao supermercado para comprar os ingredientes e fazer o próprio ovo de Páscoa. “Sai dois pelo preço de um. Aprendi a fazer e até minha família pediu porque sai mais em conta, tenho 15 encomendas”, afirma. 

Em outro supermercado, na Vila Bandeirante, as vendas de ovos de chocolate caíram 12%. O estabelecimento até previu que haveria uma queda nas vendas por causa do coronavírus e comprou menos ovos do que no ano passado. “As pessoas têm procurado as opções mais baratas, como caixas de chocolate. Se for comparar, um ovo de 223g sai por R$ 32,90, mas uma caixa de chocolates de 251g sai por R$ 8,49”, diz o gerente, que não quis se identificar para a matéria.

Mercados baixam preços e até entregam ovos de páscoa para driblar quarentena
Maiara vai comprar menos ovos neste ano. (Foto: Leonardo de França)

A auxiliar administrativa Maiara Daniele, de 26 anos, diz que fez a pesquisa e encontrou algumas promoções de ovos. Ainda assim, não dá para comprar como no ano passado. “Eu comprava oito ovos, para as crianças da família. Agora, só comprarei quatro, os outros vão ganhar caixa de chocolate”.

Promoções nos aplicativos de entrega

Para driblar a falta da procura por ovos de Páscoa, alguns supermercados têm promoções de ovos nos aplicativos e nos sites para entregar em casa. Os preços ficaram mais atrativos e ainda incentivam as pessoas a ficarem em casa. 

No aplicativo James, por exemplo, um ovo de Páscoa de chocolate ao leite Lacta de 180g é vendido por R$ 20,94. Na semana passada, o ovo era vendido por valores entre R$ 28,50 e R$ 35,99  conforme pesquisa do Procon. 

Outro exemplo é o ovo Diamante Negro de 300g, que é vendido a R$ 30,99 no aplicativo. Na semana passada, o preço nos supermercados ficava entre R$ 36,90 e R$ 54,98.

Jornal Midiamax