Cotidiano / Economia

Agricultores de MS têm até quarta-feira para fazer o cadastro da soja no Iagro

Não cadastramento implica autuação e multa

Maisse Cunha Publicado em 08/01/2018, às 18h03

None

Não cadastramento implica autuação e multa

​Agricultores de Mato Grosso do Sul têm até a próxima quarta-feira (10) para cadastrarem suas áreas de cultivo de soja no IAGRO (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), órgão vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

De acordo com o governo, até a manhã de hoje (8), cerca de 2.300 milhões de hectares do grão já foram cadastrados.

Para atingir a meta do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que estimou em 2.671 milhões de hectares a produção de soja na safra 2017/2018 no estado, ainda falta o cadastramento de 16,7% da produção.

Na safra passada, segundo a Semagro, o percentual de adesão ao cadastro atingiu 92% da produção. Neste ano, 86% da produção já foi catalogada.

Segundo estimativa da Aprosoja, em 2018 devem ser produzidas 8,3 milhões de toneladas de soja, o que corresponde à média de 54 sacas por hectare plantado.

Agricultores de 11 municípios já finalizaram o cadastramento da produção, sendo Água Clara, Angélica, Alcinópolis, Brasilândia, Corumbá, Deodápolis, Fátima do Sul, Taquarussu, Três Lagoas, Juti, Paranhos.

Conforme a Semagro, o não cadastramento implica em autuação administrativa e multa ao produtor rural.

O cadastramento pode ser feito clicando neste link.

Jornal Midiamax