Cotidiano / Economia

Copom reduz juros básicos para 11,25%

A redução é de apenas um ponto percentual

Midiamax Publicado em 12/04/2017, às 20h21

None
dinheiro-1.jpg

A redução é de apenas um ponto percentual

O Copom (Comitê de Política Monetária) anunciou nesta quarta-feira (12) que irá reduzir a taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) – que regulamenta os juros básicos, para 11,25%. A redução é de apenas um ponto percentual.

De acordo com o Banco Central do Brasil, a redução levou em conta uma estabilização da economia no curto prazo, que sugere, na avalição do Comitê, uma retomada gradual da atividade econômica ao longo de 2017.

“No âmbito externo, o cenário ainda é bastante incerto. Entretanto, até o momento, esse cenário tem mitigado os efeitos sobre a economia brasileira de possíveis revisões de política econômica em algumas economias centrais, notadamente nos EUA. Há incerteza sobre a sustentabilidade do crescimento econômico global e sobre a manutenção dos níveis correntes de preços de commodities”, pontuou o Banco.

Inflação

Ainda conforme o Banco, a inflação apresenta “comportamento favorável”. A pesquisa Focus, do Banco, afirma que a expectativa de inflação em 2017 será de 4,1%. Já em 2018, pode subir para 4,5%.

“O Comitê ressalta que seu cenário básico para a inflação envolve fatores de risco em ambas as direções: (o alto grau de incerteza no cenário externo pode dificultar o processo de desinflação; a aprovação e implementação das reformas, notadamente as de natureza fiscal, e de ajustes na economia são relevantes para a sustentabilidade da desinflação e para a redução da taxa de juros estrutural; o choque de oferta favorável nos preços de alimentos pode produzir efeitos secundários e, portanto, contribuir para quedas adicionais das expectativas de inflação e da inflação em outros setores da economia; e a recuperação da economia pode ser mais (ou menos) demorada e gradual do que a antecipada”, ressalta o Banco Central.

Jornal Midiamax