Cotidiano / Economia

Empresariado está mais pessimista, revela Índice de Confiança

A maioria fala em redução de empregos

Midiamax Publicado em 11/11/2015, às 16h48

None
centro_1.jpg

A maioria fala em redução de empregos

Com tantos índices negativos sendo divulgados, o empresariado de Campo Grandeu está mais pessimista. É o que revela o Índice de Confiança do Empresário de Campo Grande, calculado pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está na zona negativa, abaixo de 100 pontos, desde março.

O ICEC, como é chamado o indicativo, caiu de 86,5 pontos em setembro para 84,8 pontos no mês de outubro.

Os dados apontam que a redução no quadro de empregos já é citada pela maioria. Enquanto 41,7% falam em mais postos de trabalho, 58,2% dos entrevistados dizem que a tendência é de diminuir as vagas.

“O aumento da carga tributária e consumo arrefecido deixam o empresário mais inseguro e propenso a promover ajustes para adequar os custos e preservar o negócio”, explica o presidente do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS, Edison Araújo.

Jornal Midiamax