Cotidiano / Consumidor

Procon determina que geladeiras Eletrolux não sejam mais vendidas em Rede de Varejo

No entanto, holding alega que não foi notificada judicialmente e segue comercialização

Midiamax Publicado em 09/04/2015, às 22h30

None
geladeira_eletrolux.jpg

No entanto, holding alega que não foi notificada judicialmente e segue comercialização

Clientes de lojas da Via Varejo, e isso inclui Casas Bahia, Ponto Frio,Nova Pontocom e Ricardo Eletro, de todo o País, poderão trocar refrigeradores da Eletrolux que apresentarem defeitos, ou receberem o dinheiro de volta na recusa da loja pela substituição. A garantia foi obtida por uma acão judicial impetrada pelo Procon-RJ, após diversas reclamações encaminhadas por consumidores no órgão do Estado. Normalmente após três dias da compra, o estabelecimento condiciona a troca ou o ressarcimento financeiro a exclusiva ação do fabricante. 

A medida judicial do órgão de Defesa do Consumidor inclui ainda uma liminar que reivindicou a suspensão das geladeiras Eletrolux nas lojas da holding, sob pena de R$ 50 mil por dia à loja que descumprir. A alegação da maioria das queixas é que as geladeiras e refrigeradores da marca gelam demais, a ponto de congelar os alimentos ou sequer conseguem gelar. Outro ponto questionado por grande parte dos consumidores diz respeito à qualidade do atendimento nas assistências técnicas autorizadas pela marca.

“A Via Varejo informa que não foi notificada e nem teve acesso à íntegra da ação proposta pelo Procon – RJ. A empresa reforça ainda que pauta suas ações no respeito e na transparência com seus clientes, atendendo todas as normas e regulamentos de proteção ao consumidor”, disse a holding em nota ao Midiamax sobre o assunto. 
Em Mato Grosso do Sul, as Casas Bahia, principal loja da Via Varejo tem 18 unidades, presentes em sete cidades do Estado. 

Jornal Midiamax