Cotidiano / Consumidor

Bancos lideram lista das empresas com mais reclamações no Procon-MS durante 2013

Seis bancos estão entre as dez empresas com maior número de reclamações registradas no Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) no ano passado. A lista foi divulgada em suplemento do Diário Oficial do Governo do Estado de ontem (17), denominado Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas. Os bancos BMG (2º), Cruzeiro do Sul (4º), […]

Arquivo Publicado em 18/03/2014, às 13h35

None

Seis bancos estão entre as dez empresas com maior número de reclamações registradas no Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) no ano passado. A lista foi divulgada em suplemento do Diário Oficial do Governo do Estado de ontem (17), denominado Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas.

Os bancos BMG (2º), Cruzeiro do Sul (4º), Santander (6º), Bradesco (8º), Original (9º) e Panamericano (10º) figuram na lista das dez empresas com mais reclamações registradas. Somados, totalizam 1.497 reclamações fundamentadas, das quais 1.063 foram atendidas (aproximadamente 71%).

Grandes empresas completam a lista, como a operadora de telefone Claro, a BV Financeira, a Casas Bahia e a Magazine Luiza. A maioria das reclamações têm como motivo cobrança indevida/abusiva.

Veja abaixo a lista das dez empresas com maior número de reclamações

Claro – 493 reclamações (357 atendidas)

Banco BMG – 353 reclamações (233 atendidas)

BV Financeira – 310 reclamações (357 atendidas)

Banco Cruzeiro do Sul – 299 reclamações (202 atendidas)

Casas Bahia – 259 reclamações (211 atendidas)

Banco Santander – 246 reclamações (132 atendidas)

Magazine Luiza – 214 reclamações (132 atendidas)

Banco Bradesco – 208 reclamações (138 atendidas)

Banco Original – 196 reclamações (189 atendidas)

Banco Panamericano – 195 reclamações (108 atendidas)

Atendimento zero

Várias empresas tiveram poucas reclamações registradas, porém nenhuma atendida. Chama a atenção a Fácil Consultora Imobiliária, que teve 30 reclamações, todas não atendidas, e a Passaporte Brasil, com 25 reclamações, nenhuma atendida para revolta dos consumidores.

De acordo com o superintendente do Procon/MS, Alexandre Rezende, 78% dos casos são resolvidos. A lista completa, com as 181 páginas do cadastro das empresas com reclamações registradas, pode ser checada neste link.

Jornal Midiamax