Cotidiano

VÍDEO: Moradores denunciam e PM encerra casamento 'clandestino' com show de Jads e Jadson em Maracaju

Cidade enfrenta pior fase da pandemia e teve pacientes transferidos para SP

Renata Fontoura Publicado em 06/06/2021, às 20h01

None
Foto: Reprodução

Um casamento realizado neste fim de semana em uma fazenda na MS-460, em Maracaju, a 158 quilômetros de Campo Grande, foi denunciado por moradores neste domingo (6). Conforme a Prefeitura do município, a Polícia Militar esteve no local e encerrou o evento considerado "clandestino". Conforme as imagens enviadas ao Jornal Midiamax, a celebração contou com um show ao vivo da dupla Jads e Jadson.

É possível ver também que nenhum protocolo de biossegurança foi seguido, já que os convidados filmados não usavam máscara e nem mantinham distanciamento social. Ainda conforme a publicação, na hora da abordagem policial, 25 pessoas estavam na comemoração. Inclusive, a relação com os nomes das pessoas já foi encaminhada para a Vigilância Sanitária, onde serão lavradas multas aos envolvidos.

Há ainda a informação de que ao avistar a viatura policial, alguns convidados se evadiram da festa. Contudo, todos que estiveram no local, e de acordo com a comprovação da presença dos mesmos, seja por fotos, ou vídeos, também serão penalizadas. As empresas fornecedoras da festa, buffet, decoração, músicos, dente outros, também. Após a lavratura dos autos de infração e multas, o documento será também encaminhado para Polícia Civil. 

Segundo a Prefeitura, "Maracaju vive a pior fase da pandemia: mais de cinco mil casos e 75 óbitos foram registrados no município". Neste domingo, três pacientes que estavam internados no Hospital Soriano Corrêa da Silva, foram transferidos para tratamento em São Paulo. A cidade está em Bandeira Vermelha pelo Programa Prosseguir, com toque de recolher a partir das 20 horas, sendo proibido sob pena de multa qualquer tipo de aglomeração.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax